• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-03122015-160256
Documento
Autor
Nome completo
André Augusto de Oliveira Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Moraes, José Geraldo Vinci de (Presidente)
Machado Neto, Carlos Gonçalves
Simson, Olga Rodrigues de Moraes Von
Título em português
'Vai graxa ou samba, senhor?': a música dos engraxantes paulistanos entre 1920 e 1950
Palavras-chave em português
Engraxate
História do cotidiano
Musica popular
Samba
São Paulo
Resumo em português
Por meio da intertextualidade e da narrativa, esta dissertação aborda a relação dos pequenos engraxates ambulantes com a música produzida nas ruas da cidade de São Paulo, durante a primeira metade do século XX. As rodas de batucada organizadas informalmente por estes pequenos trabalhadores nas esquinas, praças e largos, nos momentos de intervalo entre um cliente e outro, eram muitos comuns na paisagem urbana do período. A prática contribuiu na formação de uma geração de sambistas paulistas e na consolidação do samba em São Paulo. Sujeitos ecléticos que se relacionavam com os mais diferentes estratos sociais, os lustradores de sapatos ocupavam as ruas paulistanas desde meados do século XIX e criaram, ao longo do tempo, uma forte imbricação com a cultura musical da cidade. Durante a década de 1940, alguns eram compositores e criticavam, em sambas, a repressão a qual estavam submetidos pelas autoridades, já que era proibido exercer o ofício nas ruas. Outros, se sobressaíram como batuqueiros e, quando adultos, destacaram-se como lideranças das principais escolas de samba de São Paulo. As fontes documentais empregadas na pesquisa são de origem policial, processual, crônicas, reportagens e depoimentos.
Título em inglês
The music of the shoeshine boys of São Paulo between 1920 and 1950.
Palavras-chave em inglês
Peddlers
Samba
Samba paulista
São Paulo
Shoeshine boys
Street drumming
Resumo em inglês
By means of a narrative, this current thesis approaches the relations between shoeshine boys and the music produced on the streets of São Paulo during the 1930s and 1940s. The batucada jams, informally organized by those young workers in any corner, square or plaza of the city, during quick breaks in the midst of their labor, were very common in the urban landscape at that time. This custom contributed to the formation of a whole generation of samba musicians that had established the samba music scene in the city of São Paulo. All those young boot polishers were very eclectic fellows, always willing to keep in touch with people from all social classes, by occupying the streets of São Paulo since the middle of the 19th century and then creating a strong relation with the music culture of the city throughout the times. During the 1940s a few of them became music writers well-known for criticizing, through their samba songs, the steady repression they suffered from the police due to their status of illegal workers. Other shoeshine boys became batuqueiros (street drummers) that later would be responsible for leading the most traditional samba schools in São Paulo. The main documentary sources used in the present study were records from police departments, criminal prosecutions, written chronicles, news reporting and oral history.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.