• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2008.tde-01122008-144717
Documento
Autor
Nome completo
Jackson Fergson Costa de Farias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Marquese, Rafael de Bivar (Presidente)
Joly, Fabio Duarte
Pimenta, João Paulo Garrido
Título em português
Honra e escravidão: um estudo de suas relações na América Portuguesa, séculos XVI-XVIII
Palavras-chave em português
América portuguesa
escravidão
Honra
letrados
Resumo em português
A dissertação analisa as relações entre a honra e a escravidão na América Portuguesa. Procura compreender como a propriedade, a exploração e a boa administração dos escravos deram origem a uma nova acepção de honra, gerada a partir de uma relação interpessoal fundada na concentração máxima de poderes nas mãos do senhor e na destituição de todos os privilégios, direitos e poderes dos escravos. Como sentimento intrínseco ou valorização externa, de sua origem em Portugal medieval até o Antigo Regime, a honra foi se adaptando e se moldando aos interesses, aos valores e às concepções político-sociais dos mais variados grupos. Esses múltiplos significados correntes em Portugal, em todos os seus componentes potencialmente instáveis e dinâmicos, atravessaram o Atlântico entre o final do século XVI e meados do XVIII e passaram a figurar nas obras dos diversos letrados coloniais que, em suas reflexões sobre as relações de gênero, classe e raça apontavam a honra como um princípio fundamental na organização da sociedade colonial.
Título em inglês
Honor and slavery: a study of relationships in portuguese America, XVI-XVIII century
Palavras-chave em inglês
honor
men of letters
portuguese America
slavery
Resumo em inglês
The dissertation analyzes the relationships between honor and slavery in Portuguese America. It tries to understand how the ownership, the exploration and the good management of slaves originated a new meaning of honor, produced by an interpersonal relationship grounded in the maximum concentration of powers on the masters side and in the deprivation of all privileges, rights and powers on the slaves' side. As an intrinsic feeling or public valuation, and from its medieval origins to the Old Regime Portugal the honor was adapted to and shaped by the interests, values and political-social conceptions of the most varied groups. Those multiples meanings currents in Portugal in all their potentially unstable and dynamic components crossed the Atlantic between the end of the XVIth century XVI and the first half of the XVIIIth century, being present in the works of the several colonial men of letters who in their reflections on gender, class, and race relations pointed the honor as a fundamental principle of colonial society.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-12-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.