• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2004.tde-01032005-111148
Documento
Autor
Nome completo
Márcia Regina Barros da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Dantes, Maria Amelia Mascarenhas (Presidente)
Alves, Jose Jeronimo de Alencar
Ferreira, Luiz Otávio
Ribeiro, Maria Alice Rosa
Sevcenko, Nicolau
Título em português
"O mundo transformado em laboratório: ensino médico e produção de conhecimento em São Paulo de 1891 a 1933"
Palavras-chave em português
ensino médico
faculdade de medicina
história da ciência
São Paulo
saúde
Resumo em português
Este trabalho analisa as mudanças que ocorreram em São Paulo, entre o final do século XIX e início do século XX, e que permitem compreender como nesse período o ensino de medicina passou a fazer parte das relações entre saúde e sociedade. Foram examinadas as propostas de ensino surgidas entre os anos de 1891, quando da primeira lei que previu a instalação de uma escola médica no estado, e 1933, ano de criação da segunda faculdade de medicina paulista. Nesse período ocorriam diversas transformações nas relações médico científicas e na maneira de organizar o universo médico paulista, que também foram discutidas no trabalho. Criaram-se novas instituições como o Serviço Sanitário de São Paulo, as primeiras revistas médicas e a Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo. Além disso outras instituições existentes passavam por modificações, como o hospital da Santa Casa de Misericórdia e seus serviços. Estabelecida em 1912, a Faculdade de Medicina e Cirurgia de São Paulo estava em sintonia com aquelas transformações. Após a primeira turma de formados pela Faculdade em 1918 o universo médico se ampliou, com a criação de novas revistas e a consolidação da medicina experimental como uma forma hegemônica de produção de conhecimento e de trabalho médico. Minha intenção foi a de discutir como os processos de configuração do Estado, da nação e da república brasileira, na virada do século XIX, estavam intimamente relacionados com as definições científicas de saúde e educação que eram estabelecidas naquele momento.
Título em inglês
The world as a laboratory: medical education and knowledge production in São Paulo, from 1891 to 1933
Palavras-chave em inglês
health
history of science
medical education
São Paulo
Resumo em inglês
This work analysis the changes occurred in Sao Paulo between the end of the XIXth and beginning of the XXth century, which allows to comprehend how in this period the teaching of medicine became part of relations between health and society. Have been examined the proposals of teaching appeared between the years 1891, when the first law assigned an installation of a medical school in the state, and 1933, the year of the creation of the second paulistinian faculty of medicine. In this period occurred diverse transformations at the medical scientific relations and the manner of how to organize the paulistinian medicine universe, which also have been discussed in this work. New institutions were created, like Serviço Sanitário de São Paulo, the first medical magazines and the first Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo. Also other existing institutions passed through modifications, like the Hospital da Santa Casa de Misericórdia and its services. Established in 1912, the Faculdade de Medicina e Cirurgia de São Paulo was in harmony with those transformations. After the first class, formatted by the Faculty in 1918, the medical universe expanded itself with the creation of new magazines and the construction of experimental medicine as a homogeneous form of knowledge production and medical work. My intention was to discuss, how the processes of configuration of the State, the Nation and the Brazilian Republic, at the end of the XIXth century, were extraordinary connected to the scientific definitions of health and education which were established at that moment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-03-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.