• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2008.tde-30092008-162725
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Cesar Gonçalves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Ferlini, Vera Lucia Amaral (Presidente)
Bastos, Pedro Paulo Zahluth
Glezer, Raquel
Leite, Rosangela Ferreira
Nemi, Ana Lucia Lana
Título em português
Mercadores de braços: riqueza e acumulação na organização da emigração européia para o novo mundo
Palavras-chave em português
Acumulação
Cafeicultura
Comércio
Companhias de navegação
Emigração
Itália
Resumo em português
O século XIX testemunhou o aumento exponencial dos movimentos migratórios de europeus para as Américas, que se prolongaram até o início da Primeira Guerra Mundial, abrindo caminho para o negócio de recrutamento e transporte de braços. Este trabalho analisa o fluxo estabelecido entre dois lados do Atlântico, mais especificamente Itália e Brasil, discutindo fatores condicionantes, reflexos internos e externos, contradições e particularidades. Na Itália, o foco está direcionado para os interesses conflitantes dos grupos envolvidos: companhias de navegação, agentes e subagentes. Analisa-se a experiência imigratória no Brasil e, em especial, São Paulo, caracterizado pela política de subsídio. Se o financiamento promovido pelo governo paulista era essencial para a criação de um grande fluxo que atendesse a demanda da cafeicultura, por outro lado, constituiu-se em fonte de rendimentos para indivíduos e empresas ligadas à execução dos serviços de recrutamento e transporte. A análise dos balanços financeiros e relatórios dos conselhos administrativos das companhias de navegação italianas evidencia a importância da emigração como fonte consistente para sua saúde financeira. Ainda dentro das engrenagens responsáveis pelo fluxo, o enfoque recai sobre as agências de introdução de imigrantes que celebraram contratos com o governo paulista. Em suma, uma rede de negócios estabelecida nos dois lados do Atlântico, cujos objetivos eram claros: auferir lucros com a emigração.
Título em inglês
The migratory movements: analysis of the flow established between two sides of the Atlantic, more specifically Italy and Brazil
Palavras-chave em inglês
Accumulation
Coffee growing
Commerce
Emigration
Italy
Shipping companies
Resumo em inglês
The XIX century witnessed the exponential increase of the migratory movements of Europeans to Americas, which were extended up to the beggining of the First World War, opening way for the business of recruitment and transport of arms. This work analyses the flow established between two sides of the Atlantic, more specifically Italy and Brazil, discussing restrective factors, internal and external reflexes, contradictions and peculiarities. In Italy, the focus is on the conflicting interests of the involved groups: shipping companies, agents and subagents. The immigratory experience is analised in Brazil, and specially in São Paulo, characterized by the politics of subsidy. If the financing promoted by the government of São Paulo was essential for the creation of a big flow that was attending the demand of the coffee growing, on the other side it was constituted in source of profits for individuals and enterprises connected with the services of recruitment and transport. The analysis from the balances in cash and reports from the administrative councils from the Italian shipping companies makes clear the importance of emigration as a consistent source for her financial health. Still inside the gears responsible for the flow, the approach falls on the agencies of immigrants' introduction that celebrated contracts with the government of São Paulo. Summing up, a business net established in two sides of the Atlantic, which objectives were clear: to derive profits with the emigration.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-10-13
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • GONçALVES, Paulo Cesar. Um imperialismo possível : Fluxos migratórios e estratégias colonialistas na Europa mediterrânea (1870-1914) [doi:10.1590/S0101-90742011000200016]. História (São Paulo) [online], 2011, vol. 30, n. 2, p. 335-358.
  • GONçALVES, Paulo Cesar. Mercadores de braços : Riqueza e acumulação na organização da emigração europeia para o Novo Mundo. 1 ed.. São Paulo : Alameda, 2012.
  • GONçALVES, Paulo Cesar. À Sombra da Lei: notas sobre a política de emigração em Portugal e Itália (1850-1920). In Fernando de Sousa et alii. Um passaporte para a terra prometida. Organizador. 1 ed.. Porto : CEPESE; Fronteira do Caos, 2011. p. 469-491.
  • GONçALVES, Paulo Cesar. L’Amazzonia è nostra: emigração e interesses comerciais nos vapores da linha Gênova-Belém-Manaus (1897-1906). In Gladys Ribeiro; Tânia Ferreira. Linguagens e práticas da cidadania no século XIX. Organizador. 1 ed.. São Paulo : Alameda, 2010. cap. II/4. p. 177-201.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.