• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-27082018-161933
Documento
Autor
Nome completo
Leopoldo Fernandes da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Barbuy, Heloisa Maria Silveira (Presidente)
Batista, Sueli Soares dos Santos
Mota, Andre
Moura, Denise Aparecida Soares de
Toledo, Edilene Teresinha
Título em português
Da praça do Mercado ao Matadouro: política e abastecimento de gêneros alimentícios em São Paulo nas décadas finais do Império e iniciais da República (1867-1910)
Palavras-chave em português
Abastecimento de alimentos
Abatedouros
Mercados
Política e governo
São Paulo
Resumo em português
Esta pesquisa aborda a organização do abastecimento de gêneros alimentícios no bojo da transformação da cidade de São Paulo em metrópole industrial e da modernização do seu espaço urbano central, nas últimas décadas do Império e iniciais da República. Com esse objetivo, investigamos a criação da primeira Praça do Mercado na Rua 25 de Março e a transferência do Matadouro do bairro do Bexiga para a Vila Mariana. O estabelecimento de espaços institucionais para a produção e comércio de gêneros de primeira necessidade visava concentrar os segmentos comerciais do abastecimento com o propósito de retirá-los do triângulo central, bem como de aprimorar a fiscalização tributária e sanitária sobre esse setor. Por meio da utilização dos informes dos memorialistas, das atas da câmara e da imprensa diária da cidade, analisamos os conflitos suscitados pela organização do comércio de abastecimento, vinculado ao mercado e ao matadouro. E reconstituímos os movimentos coletivos e suas formas de protesto para viabilizar interesses econômicos e políticos dos vários segmentos comerciais dos armazéns de secos e molhados na cidade, dos locatários dos quartos do mercado, dos marchantes e açougueiros em conflito entre si e com os administradores públicos. O alinhamento político desses segmentos com os grupos em disputa na Câmara se mostrou relevante para a viabilização de demandas no setor. Os conflitos deflagrados pela intervenção e organização do comércio de abastecimento em São Paulo indicaram a existência de um campo de disputas entre interesses econômicos que envolviam diretamente os responsáveis por administrar a cidade. A pesquisa demonstra, também, o quanto a análise sobre o processo de modernização da cidade de São Paulo e de sua modernidade não pode passar ao largo das questões relativas à alimentação e ao abastecimento de gêneros de primeira necessidade.
Título em inglês
From the Market Square to the Slaughterhouse: polítics and food supply in São Paulo in the last decades of the Brazilian Empire and the initials of the Republican Regime (1867-1910)
Palavras-chave em inglês
Food supply
Markets
São Paulo and urban politics
Slaughterhouse
Resumo em inglês
This research discusses the food supply organization due to the transformation of São Paulo in an industrial metropolis and the modernization of its central urban area, in the last decades of the Brazilian Empire and the initials of the Republic. In order to fulfill this objective, we investigated the creation of the first public market square on the Vinte e Cinco de Março Street and the Slaughterhouse transfer from Bexiga`s neighborhood to Vila Mariana. The settlement of institutional spaces for both production and trade of the essential foodstuffs aimed to concentrate the traditional food supply merchants with the purpose of withdrawing them from the urban central area. In addition, this attempt to control the foodstuff supply was designed to improve sanitary conditions and tax collecting. The documentation survey includes memorialists reports, minutes of municipal chamber and the city press release. We analyze the conflicts raised from the food supply trade organization due to the changes established with the market creation and the slaughterhouse transfer. We reconstitute the collective movements of traditional merchants (grocery stores, the market square renters, cattle and meat dealers and butchers) and their rivalries among themselves and forms of protest against the changes in the food supply organization. The political alignment of the food trade traditional merchants with the groups in dispute at municipal chamber was relevant to promote their demands. In São Paulo, we found the existence of a field of contention among the economic interests that directly involved those responsible to manage the city. The research also demonstrate how much the analysis of São Paulo's urban modernization e and its modernity should not pass off questions concerned to the essential food supply chain.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.