• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2019.tde-25032019-105757
Documento
Autor
Nome completo
Vivian Nani Ayres
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Deaecto, Marisa Midore (Presidente)
Barbosa, Samuel Rodrigues
Ferreira, Tania Maria Tavares Bessone da Cruz
Oliveira, Ana Luiza Martins Camargo de
Título em português
Da sala de leitura à tribuna: livros e cultura jurídica em São Paulo no século XIX
Palavras-chave em português
Cultura jurídica
História dos livros
Inventários post-mortem
São Paulo
Século XIX
Resumo em português
Investigar os livros presentes nas residências paulistanas, na segunda metade do século XIX, é um caminho para se compreender a história da cidade. De que forma a sua presença poderia revelar aspectos da estrutura e da superestrutura vigentes, assim como indicar as transformações operadas? Qual papel esse tipo de impresso cumpriu nessas transformações? Essas são as per-guntas, inspiradas nas proposições de Lucien Febvre, que tentamos responder com a presente pesquisa. São Paulo do começo do século XIX não se parecia em nada com a cidade na qual se transformaria ao final da centúria. A trajetória dos livros, que tantos obstáculos enfrentou, en-controu na criação da Academia de Direito, em 1827, um terreno fértil para a sua expansão. Mas, assim como ocorreu com a instituição na qual pode frutificar, o universo livresco demorou a deitar raízes e se restringiu a um grupo seleto de leitores. No entanto, ele cumpriu uma im-portante função, inclusive quando a crescente economia cafeeira reposicionou a cidade em es-cala nacional e internacional. A análise dos livros presentes nos inventários post-mortem e os debates em torno da cultura jurídica, sobretudo em relação à ideia de direito natural, refletem esses processos e ajudam a melhor compreender a dinâmica das mudanças vivenciadas na ca-pital paulistana, no século XIX.
Título em inglês
From the reading room to the courtroom: books and legal culture in São Paulo in the 19th century
Palavras-chave em inglês
History of books
Legal culture
Nineteenth century
Post-mortem inventories
São Paulo
Resumo em inglês
A way to understand the Sao Paulo history is analyzing the books present in paulistano's homes in the second half of the twentieth century. How their presence can reveal aspects of structure and superstructure by that time as well as indicate changes? How those books have influenced these changes? Based on Lucien Febvre propositions, the intention is to answer these questions in this research. Sao Paulo of the beginning of nineteeth century had nothing to do with the city it became in the end of this same century. The difficult book circulation in Brazil found in the establishment of Law School a breeding ground to its expansion. Yet the book universe took long to put down roots and restrained itself to a small group of readers as it happened to the institution where it grew. Even so the book universe played an important role when the growing coffee economy put the city of Sao Paulo in a new position in national and international level. The analysis of books present in the post-mortem inventories and the debates about legal culture, mainly about natural rights, reflect these processes and help understand better the dynamic of changes lived in the paulista capital in the nineteenth century.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-03-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.