• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Augusto Monteiro de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Nascimento, Benedicto Heloiz (Presidente)
Arcary, Valerio
Barbosa, Wilson do Nascimento
Motta, Antonio Carlos Casulari Roxo da
Saes, Alexandre Macchione
Título em português
Nilo Peçanha e o sistema federal de Escolas de Aprendizes Artífices (1909 a 1930)
Palavras-chave em português
Ensino Profissional
Escola de Aprendizes Artífices
Escola Normal Wenceslau Braz, João Lüderitz
Nilo Peçanha
Primeira República
República Oligárquica
Serviço de Remodelação
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é a discussão sobre a dinâmica política e alguns dos fatores econômicos julgados relevantes e que juntos contribuíram na decisão do Governo da União em criar um sistema federal de escolas profissionais, as Escolas de Aprendizes Artífices (E.A.As), durante o curto mandato presidencial (1909/1910) do líder fluminense Nilo Procópio Peçanha, sob o comando do Ministério da Agricultura. A referida escola instituída por este presidente foi parte concreta de um projeto político alternativo ao do liberalismo predominante do eixo São Paulo-Minas durante a Primeira República brasileira. As EAAs foram iniciadas por uma liderança representativa de uma fração da oligarquia brasileira cujo projeto político-administrativo além de ter surgido num polo econômico secundário do país, representava também o desejo daquele grupo político de tornar o papel da União mais protagonista frente ao atraso econômico e alguns dos problemas sociais do país, apesar de compartilhar dos mesmos valores e fazer uso das mesmas estratégias da República oligárquica e da sua cultura clientelística. De certa forma, não eram adeptos de um federalismo irrestrito e, sentindo-se prejudicados pelo predomínio dos interesses políticos e econômicos da oligarquia paulista e dos seus associados de momento, propuseram um Estado federal mais intervencionista inclusive no campo da Educação, esfera até então de domínio quase que exclusivo dos Estados. Verificaremos o percurso inicial das Escolas de Aprendizes de Artífices até a década de 1930, incluindo a finalização deste sistema federal de ensino com a inclusão da Escola Normal de Artes e Ofícios Wenceslau Braz. Também destacaremos as transformações institucionais que as EAAs experimentaram ao longo deste tempo, tal como o Serviço da Remodelação chefiado pelo engenheiro João Lüderitz, o qual se propôs a modernizar a instituição. Analisaremos algumas das suas dificuldades políticas, administrativas e econômicas no contexto da sociedade brasileira da Primeira República, além de discutir determinadas características enquanto instituição que propunha o ensino profissional para as classes populares e, finalmente, se houve algum legado para a educação brasileira.
Título em inglês
Nilo Peçanha and the federal system of Apprentices Craftsmen Schools (1909 to 1930)
Palavras-chave em inglês
Apprentices Craftsmen Schools, First Republic
João Lüderitz, \"Remodeling Service\"
Nilo Peçanha
Oligarchic Republic
Professional Education
Wenceslau Braz Normal School
Resumo em inglês
The objective of this work is the discussion about the political dynamics and some of the economic factors judged relevant and that together contributed in the decision of the Government of the Union to create a federal system of professional schools, the Apprentices Craftsmen Schools (EAAs), during the short Presidential term (1909/1910) of the leader from Nilo Procópio Peçanha, under the command of the Ministry of Agriculture. The said school instituted by this president was a concrete part of a political project alternative to that of the predominant liberalism of the São Paulo-Minas axis during the First Brazilian Republic. The EAAs was initiated by a representative leadership of a fraction of the Brazilian oligarchy whose political-administrative project, besides having emerged in a secondary economic pole of the country, also represented the political group's desire to make the Union's role more protagonist in the face of economic and some of the country's social problems, despite sharing the same values and making use of the same strategies of the oligarchic Republic and its clientelistic culture. In a sense, they were not adept at unrestricted federalism and, feeling prejudiced by the predominance of the political and economic interests of the São Paulo oligarchy and its associates at the time, proposed a more interventionist federal state, including in the field of Education. States. We will review the initial course of the Apprentices Craftsmen Schools until the 1930s, including the completion of this federal education system with the inclusion of the Wenceslau Braz Normal School of Arts and Crafts. We will also highlight the institutional transformations that the EAAs have experienced over the years, such as the "Remodeling Service" led by the engineer João Lüderitz, who proposed to modernize the institution. We will analyze some of its political, administrative and economic difficulties in the context of the Brazilian society of the First Republic, besides discussing certain characteristics as an institution that proposes professional education for the popular classes and, finally, if there was any legacy for Brazilian education.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.