• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2018.tde-10102018-144732
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Lunardi do Carmo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Strum, Daniel (Presidente)
Cantarino, Nelson Mendes
Puntoni, Pedro Luis
Souza, George Félix Cabral de
Título em português
D. Pedro II e as reformas administrativas no Brasil colônia
Palavras-chave em português
Açúcar
Bahia
Brasil colônia
Crise econômica
Século XVII
Resumo em português
Em 1668, D. Pedro assumiu o governo português, ainda como regente, devido a incapacidade de seu irmão D. Afonso VI. A conjuntura econômica, de finais do século XVII, não era favorável a Portugal. Muitas das possessões do Oriente estavam perdidas e o comércio de especiarias drasticamente reduzido, reflexo do conflito contra a República das Províncias Unidas. A Guerra da Restauração também infligiu grandes perdas aos cofres régios, mesmo com o fim das hostilidades os custos com a desmobilização das tropas foram sentidos por vários anos. O açúcar, que no início do século tinha gerado grandes lucros, sofria com a competição internacional e amargava constantes quedas nos preços. Nesse contexto de redução das receitas e aumento das despesas, medidas foram implementadas visando diversificar as fontes de rendimentos e, aumentar a eficiência dos mecanismos de controle da arrecadação de impostos, com intuito de diminuir os descaminhos das rendas régias. A aclimatação de especiarias, o fomento da economia do Maranhão, o aumento da fiscalização sobre a cultura do tabaco, estão entre as medidas empreendidas no período. A essas ações soma-se a tentativa de revitalizar a indústria açucareira. No presente trabalho pretendemos examinar se as ações implementadas no período foram fruto de um planejamento sistemático, ou, não podem ser consideradas como concorrentes, tendo sido apenas respostas as vicissitudes do período. As conclusões nos permitem afirmar, que observadas pela ótica das ideias econômicas que circulavam por Portugal no século XVII, essas reformas administrativas inseriam-se em um planejamento.
Título em inglês
D. Pedro II and administrative reforms in Brazil colony
Palavras-chave em inglês
17th century
Bahia
Brazil colony
Economic crisis
Sugar
Resumo em inglês
In 1668, D. Pedro assumed the Portuguese government, still as regent, due to the incapacity of his brother D. Afonso VI. The economic situation of the late seventeenth century was not favorable to Portugal. Many of the possessions of the East were lost and the trade of spices drastically reduced, reflecting the conflict against the United Provinces. The Restoration War also inflicted heavy losses on royal coffers, even with the end of hostilities the costs of demobilizing troops were felt for several years. Sugar, which at the beginning of the century had generated large profits, suffered from international competition and bitterly declined in prices. In this context of reducing revenues and increasing expenditures, measures were implemented to diversify sources of income and increase the efficiency of tax collection control mechanisms, in order to reduce the ruin of royal incomes. The acclimatization of spices, the promotion of the economy of Maranhão, and the increase in tobacco control are among the measures undertaken in the period. To these actions is added the attempt to revitalize the sugar industry. In the present work we intend to examine whether the actions implemented were not the result of a systematic planning, or, can not be considered as competitors, and were only responses to the vicissitudes of the period. The conclusions allow us to state that, observed from the perspective of the economic ideas that circulated in Portugal in the seventeenth century, these administrative reforms were part of a planning.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.