• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane Fernandes Lopes Veiga
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Bacellar, Carlos de Almeida Prado (Presidente)
Algranti, Leila Mezan
Franco, Renato Júnio
Gallardo, Dario Horacio Gutierrez
Vilardaga, Stella Maris Scatena Franco
Título em português
Vida após a morte: mulheres viúvas nas malhas do Império Luso, Rio de Janeiro (c.1763-1808)
Palavras-chave em português
Brasil Colonial
Estudos de gênero
Rio de Janeiro
Viúvas
Resumo em português
Durante a segunda metade do século XVIII até a chegada da Família Real portuguesa ao Brasil, havia mulheres viúvas livres que compravam e vendiam bens, administravam escravos, vendiam açúcar ou café e criavam filhos na capitania do Rio de Janeiro. Nosso objetivo é estudar essas mulheres que, com a morte dos maridos, passaram a chefes de domicílio, mas continuavam mães. Para tanto, analisamos os inventários post-mortem sob a guarda do Arquivo Nacional do Rio de Janeiro e documentos relacionados ao tema no Arquivo Histórico Ultramarino. Muitas viúvas que examinamos herdaram do marido metade de tudo o que o seu casal havia conseguido amealhar nos anos que estiveram juntos. Essas mulheres adquiriram capacidade jurídica para decidir o que fazer com tudo aquilo que passou às suas mãos após a morte do esposo. Além disso, muitas delas eram tutoras de seus filhos o que lhes garantia a administração do patrimônio deles até sua maioridade e, algumas, sabiam ler e escrever. Entretanto nem todas puderam desfrutar de uma vida tranquila durante os dias que se seguiram à perda do marido. Várias delas perderam todo, ou grande parte de seu patrimônio, com o pagamento de dívidas do casal. São essas mulheres que nos propomos a examinar em nosso trabalho.
Título em inglês
Life after death: Widows in the Portuguese Empire, Rio de Janeiro (c. 1763-1808)
Palavras-chave em inglês
Colonial Brazil
Gender studies
Rio de Janeiro
Widows
Resumo em inglês
During the second half of the 18th century, until the Portuguese royal family arrival Brazil, there were free widowed women who bought and sold goods, admnistrated slaves, engaged on the sugar cane sale and other commodities trade, and raised their children in Rio de Janeiro captaincy. Our main purpose is to study these women who became household head after their husbands death, however continuing absorbed on their mothers tasks. Therefore, we analyzed the post-mortem inventories of these couples under the custody of the National Archive of Rio de Janeiro and other related sources on the Overseas Historical Archive. Many of these women we studied inherited from their husbands half of everything their couples had managed to harvest in the years they had been together. These women acquired legal capacity to decide what to do with everything that passed into their hands after the husbands' death. Furthermore, many of these women became guardians of their husbands inheritors 6 which assured them the administration of the children heritage until they achieved the age of majority. Some of these women could also read and write. However, many of these widows were not in a position to enjoy a peaceful life after their husbands deceased because part of them lost large amounts of their inheritance by paying the couples debts. These are the free women we propose to investigate in our work.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.