• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Souza Barroso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Motta, Jose Flavio (Presidente)
Bacellar, Carlos de Almeida Prado
Cunha, Maisa Faleiros da
Lopes, Luciana Suarez
Vieira Junior, Antonio Otaviano
Título em português
O cativeiro à sombra: estrutura da posse de cativos e família escrava no Grão-Pará (1810-1888)
Palavras-chave em português
Economia e demografia da escravidão
Estrutura da posse de cativos
Família escrava
Grão-Pará
Século 19
Resumo em português
A relevância econômica e social da escravidão negra na Amazônia é um fator que tem permeado as mais diversas leituras empreendidas sobre a formação histórica da região dos estudos clássicos elaborados na segunda metade do Oitocentos à historiografia contemporânea. Desde a sua completa desconsideração a uma noção de uma perda de importância prematura, a participação dos escravos na economia do Pará oitocentista permanece numa zona de opacidade na historiografia. A partir da análise serial de inventários post-mortem e outras fontes, o presente estudo tem como objetivo revisitar a compreensão do escravismo paraense entre 1810 e 1888, através do exame de dois dos elementos basilares da economia e da demografia da escravidão: a estrutura da posse de cativos e a família escrava. Haja vista a existência de um mútuo condicionamento entre a economia e a demografia da escravidão, o estudo apresenta a tese de que a reprodução endógena dos escravos representou um elemento primordial para a manutenção da importância econômica da escravidão no Grão-Pará, ao longo de todo o século 19, pelo menos nos casos das três regiões paraenses ora privilegiadas: Belém, capital e principal núcleo urbano, e Baixo Tocantins e Zona Guajarina, que constituíam um dos principais cinturões agroextrativistas da capitania e depois província do Grão-Pará.
Título em inglês
Slavery in the Shadows: Slaveholding Patterns and Slave Family in Grão-Pará, Brazil (1810-1888)
Palavras-chave em inglês
19th Century
Economics and demography of slavery
Grão-Pará
Slave family
Slaveholding patterns
Resumo em inglês
The socioeconomic relevance of African slavery in the Amazon was an issue in the many interpretations of the region's historical formation. From its complete disregard to a notion of premature loss of importance, the role of slaves in the nineteenth-century Pará economy remains in an opaque zone in historiography. This dissertation aims to examine slavery in Grão- Pará throughout the 19th century through a serial analysis based on probate inventories of two core economic and demographic elements of slavery: the slaveholding patterns and the slave family. Given the existence of a mutual conditioning between the economics and the demography of slavery, this study presents the thesis that the endogenous reproduction of slaves represented a primordial element for maintaining the economic importance of slavery in Grão- Pará throughout the 1800s, at least in the cases of the three regions of Pará privileged in this dissertation: the capital Belém and the leading agricultural spaces of Lower Tocantins and the Guajarina Zone.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-12-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.