• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Ricardo Souza Vilagra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Ferlini, Vera Lucia Amaral (Presidente)
Arruda, Jose Jobson de Andrade
Cantarino, Nelson Mendes
Cardoso, José Luís Miranda
Oliveira, Milena Fernandes de
Título em português
Manuel Joaquim Rebelo e o pensamento econômico português na crise do império luso-brasileiro
Palavras-chave em português
Manuel Joaquim Rebelo
Pensamento econômico
Portugal
Resumo em português
Manuel Joaquim Rebelo, negociante da praça de Lisboa, escreveu Economia Política, em 1795. Em sua obra abordou questões relacionadas ao funcionamento da economia, que deveriam ser compreendidas sob um princípio único norteador. Rebelo desenvolveu teoricamente temas como a liberdade dos agentes econômicos, divisão do trabalho, composição do valor das mercadorias e o papel do mercado na economia e sociedade. Sua obra foi publicada apenas em 1821, no bojo das Cortes Gerais e Extraordinárias da Nação Portuguesa, momento em que o debate sobre economia tomava a cena a fim de equacionar as múltiplas realidades díspares que então compunham o Império Luso-Brasileiro. O trabalho ora apresentado, retoma a análise de Manuel Joaquim Rebelo trazendo novas informações sobre o autor, que ajudam a compreender sua inserção na sociedade portuguesa, ao mesmo tempo em que evidencia sua relação com o debate sobre economia política em Portugal no final do século XVIII. Sua obra, Economia Política é analisada evidenciando suas aproximações, distanciamentos e avanços em relação ao pensamento econômico português no período. Ademais, para apontar as raízes de seu pensamento, relacionamos suas ideias com autores da economia política como Adam Smith e Antônio Genovesi. Finalmente, comparamos Economia Política com os textos publicados na mesma ocasião, em 1821, para indagarmos os prováveis motivos que levaram à sua publicação naquele momento.
Título em inglês
Manuel Joaquim Rebelo and the Portuguese Economic Thought in the Luso-Brazilian Empire Crisis
Palavras-chave em inglês
Economic Thought
Manuel Joaquim Rebelo
Portugal
Resumo em inglês
Manuel Joaquim Rebelo, merchant of Lisbon, wrote Political Economy, on 1795. In his work he addressed issues related to the functioning of the economy that should be understood on a single guiding principle. Rebelo developed theoretically themes such as the freedom of economic agents, labour division, composition of goods value, and the role of the market in the economy and the society. His work was published only in 1821, in the context of the General and Extraordinary Courts of the Portuguese Nation, when the debate on economics took the scene in order to equate the multiple realities that then comprised the Luso-Brazilian Empire. The work presented now, resume the analysis of Manuel Joaquim Rebelo bringing forward new information on the author that help us to understand his insertion into the Portuguese society, while evidencing his relation with the debate on political economy in Portugal in the late eighteenth century. His work, Political Economy is analysed highlighting its approximations, distances and advances in relation to the Portuguese economic thought in the period. Furthermore, to point out the roots of his thought, we relate his ideas with political economy authors as Adam Smith and António Genovesi. Finally, we compare Political Economy with the texts published on the same occasion in 1821, to inquire on the probable reasons that led to its publication at that time.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.