• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2011.tde-06122012-112518
Documento
Autor
Nome completo
Igor Renato Machado de Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Ferlini, Vera Lucia Amaral (Presidente)
Barbuy, Heloisa Maria Silveira
Lewkowicz, Ida
Novais, Fernando Antonio
Vainfas, Ronaldo
Título em português
"Habitus" no Sertão: gênero, economia e cultura indumentária na Vila de São Paulo (1554-C.1650)
Palavras-chave em português
Economia algodoeira
Gênero
Indumentária
São Paulo colonial
Têxtil
Resumo em português
O objetivo dessa tese é tratar das transformações das relações de gênero, da economia e cultura indumentária na vila de São Paulo Colonial durante os anos de 1554 até 1650. Por intermédio das análises dos artefatos indumentários encontrados nos discursos jesuíticos e dos relatos coloniais, atas camarárias, testamentos e inventários post-mortem foram costuradas por meio da perspectiva de gênero. Procurou-se, portanto, realizar uma aproximação dos conceitos de gênero, indumentária, moda e habitus. Em uma sociedade em movimento masculino e na permanência feminina, as mulheres senhoriais além de cuidarem das indumentárias, estabeleciam as bases de uma sociedade e economia escravista, administrando a casa e os negócios. Nessa economia doméstica, constituíram uma civilização do algodão, formada, na primeira metade do século XVII, por meio do trabalho das senhoras e cativas. Por volta da segunda metade do Seiscentos, a cultura algodoeira e o trabalho de fiação e tecelagem gananhavam novos contornos com o avanço do comércio entre a costa e o sertão. Além disso, nas relações de poderes específicos governança da terra e de distinção, dadas as diferenças e hierarquias de gênero e escravidão, com consumo luxuoso das jóias e vestes, nessa zona de fronteira e de contato entre populações indígenas e coloniais.
Título em inglês
"Habitus" in the hinterland: gender, economy and culture in clothing Colonial village of St. Paul (1554 - c.1650)
Palavras-chave em inglês
Clothing
Economic of cotton
Gender
São Paulo colonial
Textiles
Resumo em inglês
The objective of this thesis is to address the transformation of gender relations, economics and culture in clothing Colonial village of St. Paul during the years 1554 to 1650. Through analysis of the artifacts found in the sartorial discourse of the colonial writers, jesuits letters, minutes council dwellings, wills and inventories post mortem were sewn by the gernder perspective. It was, therefore, make an approach to the concepts of gender, clothing, fashion and habitus. In a society moving male and female in residence, women as well as manor care of the clothing, set out the foundations of a slave society and economy, to adminstration of household. At the domestic economy, were a civilization of cotton, made in the first half of the seventeenth century through the work of the ladies and captives. By the second half of XVII Century, cotton crops and the work of spinning and weaving had new contours with the advancement of trade between the coast and hinterland. Moreover, the relations of specific powers - governance of the land - and the distinction, the differences and hierarchies gêrnero and slavery, with consumption of luxury jewelry and clothes, in this border area and contact between indigenous and colonial.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-12-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.