• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2018.tde-27082018-155727
Documento
Autor
Nome completo
Tamires Arruda Fakih
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Marcos, Valeria de (Presidente)
Bernini, Carina Inserra
Marques, Marta Inez Medeiros
Valentin, Agnaldo
Título em português
Políticas públicas e comunidades quilombolas: o modo de vida quilombola na comunidade Sapatu
Palavras-chave em português
Comunidade quilombola Sapatu
Comunidades quilombolas
Políticas públicas
Vale do Ribeira
Resumo em português
Esta pesquisa tem como objetivo compreender a relação entre as políticas públicas e as comunidades quilombolas. Parte-se da hipótese que a relação entre o Estado e essas comunidades é uma relação de mão dupla, considerando que as políticas públicas transformam a vida dessas comunidades e são por ela transformadas. Para tanto, elegeu-se a Comunidade Quilombola Sapatu, localizada no Vale do Ribeira - São Paulo, a fim de compreender o modo de vida quilombola e a relação estabelecida entre eles e o Estado. Para responder ao objetivo desta pesquisa, realizou-se levantamento teórico sobre as temáticas que envolvem o objeto de pesquisa e também pesquisa de campo, através da metodologia da pesquisa participante, com a aplicação de questionário às famílias da comunidade em questão e entrevistas abertas pré-elaboradas com algumas dessas famílias. A pesquisa aponta para a necessidade de se pensar as políticas públicas a partir da realidade dos sujeitos participantes, neste caso das comunidades quilombolas, incluindo-os no processo de definição da agenda pública e de elaboração das políticas públicas. Ademais, destaca-se a necessidade do Estado investir em uma agenda de avaliação das políticas para esse segmento, tendo em vista as atuais dificuldades e entraves na participação desses sujeitos nas políticas públicas que a eles englobam. Buscou-se com este trabalho aproximar as discussões do campo da Gestão de Políticas Públicas com o da Geografia Humana, a fim de que mais estudos sobre o tema sejam produzidos e possam contribuir para a tomada de decisão dos governos no que se refere a questão agrária.
Título em inglês
Políticas públicas y comunidades quilombolas: el manera de vivir quilombola en la comunidad Sapatu
Palavras-chave em inglês
Comunidad quilombola Sapatu
Comunidades quilombolas
Políticas públicas
Valle del Ribeira
Resumo em inglês
Esta investigación tiene como objetivo comprender la relación entre las políticas públicas y las comunidades quilombolas. Se parte de la hipótesis que la relación entre el Estado y esas comunidades es una relación de doble mano, considerando que las políticas públicas transforman la vida de esas comunidades y son transformadas por ellas. Por eso se eligió la Comunidad Quilombola Sapatu, ubicada en el Valle del Ribeira - São Paulo, a fin de comprender el modo de vida quilombola y la relación establecida entre ellos y el Estado. Para responder al objetivo de esta investigación, se realizó un levantamiento teórico sobre las temáticas que involucran el objeto de investigación y también una investigación de campo, a través de la metodología de la investigación participante, con la aplicación de cuestionario a las familias de la comunidad en cuestión y entrevistas abiertas pre-elaboradas con algunas de esas familias. La investigación apunta a la necesidad de pensar las políticas públicas a partir de la realidad de los sujetos participantes, en este caso de las comunidades quilombolas, incluyendo ellos en el proceso de definición de la agenda pública y de elaboración de las políticas públicas. Además, se destaca la necesidad del Estado de invertir en una agenda de evaluación de las políticas para ese segmento, teniendo en vista las actuales dificultades y obstáculos en la participación de esos sujetos en las políticas públicas que a ellos engloban. Se buscó con este trabajo aproximar las discusiones del campo de la Gestión de Políticas Públicas con las discusiones de la Geografía Humana, a fin de que más estudios sobre el tema sean producidos y puedan contribuir a la toma de decisión de los gobiernos en lo que se refiere a la cuestión agraria.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.