• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Marcielyo Fonteles Vital
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Scarlato, Francisco Capuano (Presidente)
Buitoni, Marísia Margarida Santiago
Lemos, Amalia Ines Geraiges de
Silva, Gilcileide Rodrigues da
Título em português
Santana do Acaraú-CE: o acervo arquitetônico como patrimônio do lugar
Palavras-chave em português
Espaço vivido
Lugar
Memória
Patrimônio
Santana do Acaraú
Resumo em português
A pesquisa intitulada Santana do Acaraú: o acervo arquitetônico como patrimônio do lugar buscou refletir a compreensão do espaço vivido alimentado pela memória e lembranças dos habitantes. Considerando os laços afetivos construídos com/no lugar como identidade das pessoas que moram na cidade. A relevância da pesquisa deve-se ao fato de contribuir para análise das políticas de preservação e conservação de um acervo arquitetônico que pode ser considerado como patrimônio da cidade de Santana do Acaraú, especificamente aqueles localizados no bairro Centro, onde estão mais representados. Contudo, o referido acervo não se encontra protegido seja por lei ou por ações de manutenção e/ou conservação que merecem as edificações antigas. Embora, a população santanense tenha reagido às transformações e as novas construções arquitetônicas, frente ao modernismo e às novas instalações. Mesmo assim, a problemática é provocada pela ausência de políticas e de ações na cidade que assegurem a preservação do acervo arquitetônico, que lamentavelmente, tem sido deteriorado pela ação do tempo, pelo descaso do poder público, pela falta de especialista em restauração e pela ausência da sociedade civil em reconhecer o acervo como parte da identidade e da história do lugar. Como referencial teórico partiu-se da compreensão de Tuan (1983) sobre espaço e lugar entendidos como familiar e que indicam experiências comuns; Bosi (1994) que explica o conceito de memória como reserva das nossas experiências acumuladas; e patrimônio com base em Choay (2006) que entende como expressão do usufruto de uma comunidade que se ampliou a dimensões planetárias, constituída pela acumulação contínua de uma diversidade de objetos que se congregam pelo seu passado comum. Para reconstituir a memória do acervo arquitetônico procedeu-se com uso da história oral através de entrevistas estruturadas e semi-estruturadas e posteriormente usadas como narrativas gravadas em meio digital sonoro e legitimadas pelos entrevistados. Além das várias consultas como: Prefeitura Municipal de Santana do Acaraú; IBGE; trabalho de campo para os registros fotográficos; arquivos pessoais dos moradores da cidade; trabalho de campo para elaboração de mapas temáticos e informações diversas aos entrevistados vistos como colaboradores da pesquisa. Apesar de ser recente a iniciativa de tombamento às edificações antigas na cidade, se entendeu que os lugares também estão sujeitos à dinâmica, as trocas de experiências, aos novos valores, de receber pessoas de outros lugares e assim, à cidade continuará a construir novas realidades, sem que com isso, seja necessário destruir totalmente seu passado, sua história, seus laços afetivos construídos no lugar.
Título em espanhol
Santana do Acaraú: el acervo arquitectónico como patrimonio del lugar
Palavras-chave em espanhol
Espacio vivido
Lugar
Memoria
Patrimonio
Santana del Acaraú
Resumo em espanhol
La investigación titulada "Santana do Acaraú: el acervo arquitectónico como patrimonio del lugar" buscó reflejar la comprensión del espacio vivido alimentado por la memoria y los recuerdos de los habitantes. Considerando los lazos afectivos construidos con / en el lugar como identidad de las personas que viven en la ciudad. La relevancia de la investigación se debe al hecho de contribuir al análisis de las políticas de preservación y conservación de un acervo arquitectónico que puede ser considerado como patrimonio de la ciudad de Santana do Acaraú, específicamente aquellos ubicados en el barrio Centro, donde están más representados. Sin embargo, dicho acervo no está protegido por ley o por acciones de mantenimiento y / o conservación que merecen las edificaciones antiguas. Aunque la población santana ha reaccionado a las transformaciones y las nuevas construcciones arquitectónicas, frente al modernismo y las nuevas instalaciones. Sin embargo, la problemática es provocada por la ausencia de políticas y acciones en la ciudad que aseguran la preservación del acervo arquitectónico, que lamentablemente, ha sido deteriorado por la acción del tiempo, por el descuido del poder público, por la falta de especialista en restauración y por la ausencia De la sociedad civil en reconocer el acervo como parte de la identidad y la historia del lugar. Como referencial teórico se partió de la comprensión de Tuan (1983) sobre espacio y lugar entendidos como familiar y que indican experiencias comunes; Bosi (1994) que explica el concepto de memoria como reserva de nuestras experiencias acumuladas; Y el patrimonio basado en Choay (2006) que entiende como expresión del usufructo de una comunidad que se ha ampliado a dimensiones planetarias, constituida por la acumulación continua de una diversidad de objetos que se congregan por su pasado común. Para reconstituir la memoria del acervo arquitectónico se procedió con uso de la historia oral a través de entrevistas estructuradas y semiestructuradas y posteriormente usadas como narrativas grabadas en medio digital sonoro y legitimadas por los entrevistados. Además de las diversas consultas como: Ayuntamiento Municipal de Santana do Acaraú; Trabajo de campo para los registros fotográficos; Archivos personales de los residentes de la ciudad; Trabajo de campo para la elaboración de mapas temáticos e informaciones diversas a los entrevistados vistos como colaboradores de la investigación. A pesar de ser reciente la iniciativa de tumbado a las edificaciones antiguas en la ciudad, se entendió que los lugares también están sujetos a la dinámica, los intercambios de experiencias, a los nuevos valores, de recibir personas de otros lugares y así, a la ciudad continuará construyendo nuevas realidades Sin que con ello, sea necesario destruir totalmente su pasado, su historia, sus lazos afectivos construidos en el lugar.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.