• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-17092015-151318
Documento
Autor
Nome completo
Umbelino Oliveira de Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Biasi, Mario de (Presidente)
Castro, Jose Flavio Morais
Freitas, Maria Isabel Castreghini de
Miranda, Maria Eliza
Queiroz Filho, Alfredo Pereira de
Título em português
Escala cartográfica linear: estratégias de ensino-aprendizagem junto aos estudantes de geografia do IGDEMA/UFAL - 2013
Palavras-chave em português
Andragogia
Escala cartográfica linear
Processo educativo trilateral
Testes não paramétricos
Validação do teste de aprendizagem
Zona de desenvolvimento proximal
Resumo em português
Uma proporção significativa dos alunos dos cursos de graduação em Geografia do IGDEMA/UFAL apresenta dificuldades na aprendizagem de Cartografia, particularmente de escala cartográfica linear. Pouquíssimos trabalhos apresentaram situações similares em outras universidades do Brasil e propuseram alternativas mitigadoras, embora com ênfase no curso de licenciatura. Nesse contexto, o presente trabalho tomou como objetivo desenvolver um procedimento de otimização da aprendizagem de escala cartográfica linear por meio da conscientização e motivação prévias discentes e contrapartidas bilaterais na aplicação de um processo de ensino-aprendizagem junto aos alunos do segundo período de graduação em Geografia do IGDEMA/UFAL em 2013/2. As bases teóricas adotadas para tal foram um conceito da psicologia pedagógica processo educativo trilateral , dois conceitos da teoria socioconstrutivista internalização das funções psicológicas superiores e zona de desenvolvimento proximal e a teoria da andragogia. Coerente com o objetivo e com respaldos das bases teóricas, foi aplicado o método de aula expositiva adaptado à implementação do processo pedagógico. Este processo envolveu a fase de avaliação prévia (exposição e prática preparatórias e posterior diálogo) e a fase de avaliação definitiva (exposições e práticas mais concentradas). Por ser preponderante, a avaliação definitiva precisou atender às exigências de planejamento e procedimentos administrativos, a fim de se minimizar a relativa falta de fidedignidade de seus escores para, em seguida, submeter-se a duas etapas obrigatórias do processo da sua validação. A primeira, que foi a verificação do requisito da validade, se deu por processo qualitativo em prol da representatividade de seu conteúdo mediante o universo Escala Cartográfica e dessa aprendizagem; e a segunda etapa, verificação do requisito da fidedignidade, processou-se pela análise estatística de consistência interna entre seus quesitos. Como a avaliação definitiva atendeu a esses requisitos de validação, as suas medidas de aprendizagem se tornaram confiáveis para os testes de diferenças aplicados conjuntamente com as medidas de aprendizagem similares da avaliação prévia. Assim, obteve-se o nível de êxito do processo pedagógico aplicado. Como resultado, a comparação dos dados das duas avaliações não indicou evolução esperada das notas de cada aluno. Então como causas desse resultado, em função da parte expressiva dos alunos, podem ser citadas: o processo aplicado se revelou ambicioso, a prática de variados exercícios mesmo com auxílio de demonstrações de cálculos revelou-se um desafio e modificações de escala cartográfica se revelaram problemática. Dessa forma, a conclusão é que esse processo de ensino-aprendizagem precisa ser revisto em parte, ou seja, revelam-se necessários procedimentos pedagógicos para esses estudantes ainda dependentes em virtude de fatores limitantes, particularmente a base matemática ineficiente.
Título em inglês
Linear cartographic scale: teaching/learning strategies with students of geography of the IGDEMA/UFAL 2013
Palavras-chave em inglês
Andragogy
Linear cartographic scale
Nonparametric tests
Proximal development zone
Trilateral educational process
Validation of the learning test
Resumo em inglês
A significant proportion of the undergraduates in the geography courses of the IGDEMA/UFAL present learning difficulties, particularly in relation to liner cartographic scale. Very few papers have identified similar situations in other universities in Brazil and have proposed mitigation alternatives, although with an emphasis on teaching degree courses. In this context, this work aimed at developing a learning procedure in order to optimize the learning of linear cartographic scale through awareness development and previous student motivation, as well as through bilateral counterparts in implementing a teaching/learning process focused on the se undergraduates of the second term in the first year of studies in Geography course of the IGDEMA/UFAL program, in 2013/2. The theoretical framework of the study included one concept of the pedagogical psychology trilateral educational process , two concepts of the social constructivist theory internalization of higher psychological functions, and proximal development zone as well as the andragogy theory. In order to be coherent with the study objective and the adopted theoretical framework, the expositive teaching method was used, although adapted to the target pedagogical process. This process involved a prior evaluation phase (presentation and preparatory practices and subsequent dialogue) and the phase of final assessment (presentations and more focused practices). Because it is preponderant, the definitive assessment had to meet planning requirements and administrative procedures, in order to minimize the relative unreliability of the scores, so that it could undergo the two mandatory steps of the process of validation. The first step verification of the validity requirement was implemented through a qualitative process, observing the representativeness of its content, based upon the Cartographic Scale universe and related learning; and the second step, verification of the reliability requirement, was developed through statistical analysis for the internal consistency of the adopted questions. As the final evaluation met these validation requirements, their learning measures were considered to be reliable for testing differences, applied within the similar learning measures of the prior assessment. As a result, the comparative data of both evaluations did not indicate the expected evolution in the students grades. Then, as those results reasons, considering the biggest amount of the students, we may cite: the applied process was too much ambitious, the practice of varied exercises though with calculation demonstrations, could be considered a challenge, and cartographic scale changes seemed to cause problems to them. Hence, the conclusion is that this teaching/learning process needs to be revised in part, which means, pedagogical proceeds might be necessary for those still dependent students, considering these limitation factors, particularly the insufficient mathematics basis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.