• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2010.tde-12112010-155407
Documento
Autor
Nome completo
Clarisse Coutinho Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Costa, Wanderley Messias da (Presidente)
Arroyo, Maria Mónica
Melazzo, Everaldo Santos
Título em português
A nova ordenação territorial das finanças no Brasil
Palavras-chave em português
Ajuste temporal
Ajuste territorial
Finanças
Ordenação territorial
Território
Resumo em português
Esta pesquisa aborda a relação entre território e finanças. O objetivo é analisar a nova ordenação territorial das finanças no Brasil, entre 1996 e 2006, como esta ocorreu, quais foram os seus principais fatores de formação e suas conseqüências. A metodologia utilizada, pelo lado teórico, baseia-se na abordagem do David Harvey sobre os ajustes temporal e espacial, e ordenação espaço-temporal e na teoria Pós-keynesiana sobre finanças regionais. Pelo lado empírico, utiliza-se análises estatísticas do índice de concentração Herfindahl-Hirschman (IHH) e taxas de crescimento acumulado, bem como a análise de cartografia temática digital. A pesquisa mostrou que a nova ordenação territorial das finanças ocorreu sobretudo devido ao grande crescimento e expansão territorial das atividades de intermediação financeira. Sendo assim, os seus principais fatores de formação foram: a abertura financeira da década de 1990, a reestruturação do sistema bancário nacional, estabilidade da moeda, o aumento da demanda financeira regional de baixo volume e o avanço do meio técnico-científico-informacional. As principais conseqüências foram: a mudança na estrutura de composição do Sistema Financeiro Nacional, que passou a ter a atividade de intermediação financeira como principal atividade financeira do país e apesar da redução da concentração das finanças, esta não descentralizou as mesmas, como também não implicou na redução da concentração econômica do Brasil.
Título em inglês
The new territorial configuration of finances in Brazil
Palavras-chave em inglês
Finance
Temporal adjustment
Territorial adjustment
Territorial configuration
Territory
Resumo em inglês
This research addresses the relationship between territory and finances. The objective is to analyze the new territorial configuration of finance in Brazil between 1996 and 2006, in particular, how it occurred, what were its main factors of formation and what were its consequences. The methodology, on the theoretical side, is based on the approach of David Harvey on the temporal and spatial adjustments, and space-time configuration, as well as post-Keynesian theory on regional finances. On the empirical side, it uses statistical analysis of the Herfindahl-Hirschman concentration Index (HHI) and aggregate growth rates, as well as the analysis of digital thematic cartography. The research showed that the new territorial organization of finance was largely due to strong growth and territorial expansion of the activities of financial intermediation. Therefore, its principle factors of formation were: the financial opening of the 1990s, the restructuring of the national banking system, monetary stability, increase of low-volume regional financial demand and the advancement of technical, scientific and informational means. The main consequences were: a change in the structure of the composition of the National Financial System, which now has the role of financial intermediation as the main financial activity of the country. Despite the lower concentration of finance, this development did not lead to a decentralization of finance, nor did it imply a reduction of the economic concentration in Brazil.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-11-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.