• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-02022018-153134
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Petrillo Fici
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Mamigonian, Armen (Presidente)
Arroyo, Maria Mónica
Bastos, José Messias
Santos, Neri dos
Scarlato, Francisco Capuano
Título em português
O sistema ferroviário mundial: o caso brasileiro
Palavras-chave em português
Ferrovias
Infraestrutura
Logística
Transporte
Resumo em português
Este trabalho de pesquisa teve como objetivo investigar e discutir a indústria ferroviária e sua relação com o desenvolvimento econômico e com as transformações ocorridas no início do século XXI. A pesquisa foi feita através de consultas em revistas especializadas e textos de pesquisa econômica. A evolução do sistema capitalista ao longo dos séculos e as transformações políticas e econômicas permitiram a integração mundial e a evolução contínua dos meios de transporte. No processo da Globalização as transformações dos meios de transportes estão cada vez mais aceleradas e interdependentes com as novas tecnologias e formas de gerenciamento. A evolução dos transportes na Era da Globalização permitiu uma maior integração internacional e maior dinamismo da economia mundial. O Brasil apresenta sérios problemas de infraestrutura que prejudicam sua capacidade produtiva e comprometem seu crescimento econômico. Atualmente, um dos gargalos mais perceptíveis que impedem o crescimento da economia brasileira é a necessidade de ampliação e modernização dos meios de transportes de cargas para atender com qualidade a produção industrial e agrícola. Há mais de 60 anos, o Brasil priorizou as rodovias e hoje sofre com a falta de recursos financeiros para manter as estradas e ampliar as rotas para as regiões afastadas dos principais centros econômicos. Após o período de concessão dos transportes, muitas rodovias continuam precárias e sem perspectivas de melhoramentos em curto prazo. As ferrovias foram esquecidas por mais de meio século e os 28.000 km de estradas de ferro em funcionamento são insuficientes para atender a produção nacional. A malha ferroviária atual transporta aproximadamente 21% da produção do país a custos mais acessíveis. As concessões das ferrovias para o setor privado, iniciada no início dos anos 90 provocaram um aumento gradual na produtividade do setor, além de maiores inovações e quantidade de material rodante em trânsito. A ampliação das ferrovias requer maior vontade política do poder público para que setor esteja mais integrado na economia nacional e mundial.
Título em inglês
The world rail system: the Brazilian case
Palavras-chave em inglês
Infrastructure
Logistics
Railroads
Transportation
Resumo em inglês
This work of research had as objective to at the beginning investigate and to argue the railroad industry and its relation with the economic development and the occured transformations of century XXI. The research was made through consultations in specialized magazines and texts of economic research. The evolution of the capitalist system throughout the centuries and the transformations economic politics and had allowed to the world-wide integration and the continuous evolution of the ways of transport. In the process of the Globalization the transformations of the ways of transports are each time more sped up and interdependent with the new technologies and forms of management. The evolution of the transports in the Age of the Globalization allowed to a bigger international integration and bigger dynamism of the world-wide economy. Brazil presents serious problems of infrastructure that harm its productive capacity and compromise its economic growth. Currently, one of the gargalos more perceivable than hinders the growth of the Brazilian economy is the necessity of magnifying and modernization of the ways of load transports to take care of with quality the industrial and agricultural production. It has 60 years more than, Brazil prioritized the highways and today it suffers with the lack of financial resources to keep the roads and to extend the routes for the regions moved away from the main economic centers. After the period of concession of the transports, many highways continue precarious and without perspectives of improvements in short term. The railroads had been forgotten for more than half the 28,000 century and km roads. of iron in functioning they are insufficient to take care of the national production. The current railroad mesh approximately carries 21% from the production of the country the costs accessible. The concessions of the railroads for the private sector, initiated of years 90 had at the beginning provoked a gradual increase in the productivity of the sector, beyond bigger innovations and amount of rolling material in transit. The magnifying of the railroads requires greater will politics of the public power so that sector more is integrated in the national and world-wide economy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.