• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-26052015-095108
Documento
Autor
Nome completo
Grace Bungenstab Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Queiroz Neto, Jose Pereira de (Presidente)
Filizola, Heloísa Ferreira
Nóbrega, Maria Teresa de
Oliveira, Antonio Manoel dos Santos
Oliveira, Fábio Soares de
Título em português
Estudo da cobertura pedológica e sua relação com a formação e evolução de depressões no sudoeste de Macaraí (SP)
Palavras-chave em português
Análise estrutural da cobertura pedológica
Couraça
Hidromorfia
Latossolo/Argissolo
Relação solo-relevo
Resumo em português
Esta pesquisa investigou a cobertura pedológica para compreender os processos pedogenéticos que atuam na formação e evolução das depressões fechadas existentes no Compartimento Três Cantos. A área de estudo está situada no sudoeste do município de Maracaí-SP, no interflúvio entre o ribeirão das Anhumas e o rio Capivara, afluentes do rio Paranapanema. A área apresenta depressões fechadas na parte cimeira, com solos vermelho-amarelos e vermelhos, de textura média, e couraças. Para atingirmos o nosso objetivo avaliamos duas topossequências na depressão da lagoa Mandacaru, e os fatores regionais e locais que poderiam contribuir para a formação e evolução das depressões. O estudo da cobertura pedológica seguiu os procedimentos da Análise Estrutural da Cobertura Pedológica propostos por Boulet et al. (1982). Os resultados mostraram que os processos pedológicos que predominam na área são latossolização, a hidromorfia e a iluviação. A latossolização transforma a couraça em Latossolos. A hidromorfia ataca a couraça e os horizontes Bw, transformando-os em uma estrutura em blocos quando seca, e maciça quando úmida, é combinada com o processo de iluviação que transforma o horizonte A e Bt em E, resultando em Argissolos. A latossolização foi o primeiro processo à transformar as couraças, e com a instalação de condições mais úmidas, a hidromorfia transformou as couraças e os latossolos, deformando o platô em que estavam instalados. A hidromorfia, portanto, seria a responsável pelo início da formação da depressão, e o processo de iluviação seria subsequente e contribuiria para o aprofundamento e alargamento das depressões. A formação das depressões está relacionada à estrutura geológica, e as depressões são o estágio inicial da rede de drenagem, como pode ser observado nas áreas em que as depressões foram abertas e que os solos ainda não estão ajustados à nova forma das vertentes.
Título em inglês
Study of the pedological coverage and its relation to the formation and evolution of depressions in the southwest of the municipality of Maracaí (SP)
Palavras-chave em inglês
Hydromorphy
Iron crust
Latosol/Argisol
Soil-relief relationship
Structural analysis of the pedologic coverage
Resumo em inglês
This research investigates the pedological cover to understand genetic processes at work in the formation and evolution of closed depressions in the Três Cantos compartment. The study area is located in the municipality Maracaí-SP (Brazil), at the interfluve between Anhumas and Capivara rivers, both tributaries of the Paranapanema River. The area has closed depressions in the top of local surface, with red-yellow and red soils and iron crust. To achieve our goal we evaluated two toposequences in the Mandacaru depression, as well as regional and local factors that could contribute to the formation and evolution of depressions. The procedures adopted for this research were based on the Structural Analysis of the Pedologic Coverage, proposed by Boulet et al. (1982). The results showed that the pedological processes that dominate are latosolization, hydromorphy and illuviation. The latosolization transforms the iron crust into Latosol in the Brazilian System of Soil Classification (Ferrasols -FAO, 2006). The hydromorphy that attacks the iron crust and Bw horizons resulting in a block structure when dry, and massive when wet combined with the illuviation process that transforms the horizons A and Bt into E result in Argisol in the Brazilian System of Soil Classification (Lixisols FAO, 2006). The latosolization process was the first to transform the iron crust, followed by wet conditions, transforming the iron crust and latosols due to hydromorphy action; consequently, the plateau was deformed. Hydromorphy, therefore, was responsible for initiating depression formation and subsequently the illuviation process contributed to it. Currently these two processes act deepening and widening the depressions. The formation of depressions is related to the geological structure, and these depressions are the initial stage of the areas drainage system, as may be observed in areas where the depressions have been opened, and where the soils are not yet adjusted to the new form of the slope.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.