• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-23092013-100341
Documento
Autor
Nome completo
Dayson Jose Jardim Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Furlan, Sueli Angelo (Presidente)
Barrozo, Ligia Vizeu
Conti, Jose Bueno
Moraes, Paulo Roberto
Ribeiro, Helena
Título em português
Ambiente e saúde na cidade de Manaus: percepção de moradores (estudantes do ensino médio) sobre degradação ambiental e doenças infectoparasitárias
Palavras-chave em português
Estudantes
Geografia da saúde
Percepção ambiental
Saúde ambiental
Saúde pública
Resumo em português
O presente estudo possui o objetivo de analisar a distribuição espacial da percepção ambiental de moradores (estudantes do ensino médio) da cidade de Manaus sobre doenças infectoparasitárias relacionadas à degradação ambiental, a partir de uma abordagem ecossistêmica em geografia da saúde. Especificamente de (1) investigar a distribuição espacial da ocorrência de doenças infecciosas e parasitárias relacionadas à degradação ambiental, desflorestamento, poluição do solo e hídrica, na cidade de Manaus; (2) analisar e interpretar o conhecimento de estudantes sobre medidas de prevenção e controle da degradação ambiental urbana e sua relação com a saúde humana; (3) analisar o conhecimento de estudantes sobre medidas de prevenção e controle das doenças infecciosas e parasitárias; e (4) relacionar à percepção dos estudantes a espacialidade urbana da cidade de Manaus. A cobertura vegetal é o primeiro recurso natural a sofrer os efeitos do assentamento humano sem planejamento na cidade de Manaus, seguido da degradação do solo e dos recursos hídricos. Consequentemente, resulta na produção de várias doenças relacionadas a esta degradação ambiental, tais como Dengue, Malária, Febre tifóide, Leptospirose, Hepatite (VHA) e Tétano acidental. Sob autorização de pesquisa Nº 011.37640.2012/SEDUC-AM, foi aplicado um questionário quali-quantativo estruturado à 241 estudantes moradores de todas as zonas administrativas Norte, Sul, Leste, Oeste, Centro-Sul e Centro-Oeste e que assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. O maior número de casos notificados foi de Malária (92,74%), Hepatites (4,13%) com dados agrupados para VHA, VHB e VHC, Dengue (2,75%) e representaram menos que 1% os casos de Febre Tifoide, Leptospirose e Tétano Acidental prevalentes em Manaus no ano 2009. A Dengue, Febre Tifoide, Hepatite A, Leptospirose e Tétano Acidental possuem relação com as precárias condições de saneamento ambiental e degradação do solo (com resíduos sólidos domésticos e perfuro-cortantes) e de águas superficiais e de consumo contaminados. A Malária possui relação com o desflorestamento em ocupação irregular do solo (invasões) na cidade de Manaus. Os moradores possuem idade média de 19,89 anos (mediana 19 anos; desvio padrão de 3,33), sendo 43,15% do gênero masculino e 56,85% feminino. A pesquisa abrange 35 bairros (56%) dos 63 oficialmente reconhecidos pela Prefeitura de Manaus. Os moradores da cidade percebem o lugar vivido, o saneamento ambiental, o meio ambiente, degradação ambiental e a relação com a produção de doenças infectoparasitárias, a prevenção, o risco de adoecer e de morrer, de forma diferente entre as zonas Norte, Sul, Leste, Oeste, Centro-Sul e Centro-Oeste. O sentimento de pertencimento ou não ao bairro onde moram, a ausência de serviços públicos importantes para melhorar a qualidade ambiental e de vida no bairro, dificultam criar elos de identidade entre o morador e a cidade Manaus.
Título em inglês
Environment and health in the city of Manaus: perception of residents (High School students) on environmental degradation and infectious and parasitic diseases
Palavras-chave em inglês
Environmental health
Environmental perception
Public health
Students
Resumo em inglês
The present study has the objective to analyze the spatial distribution of environmental perception of residents (high school students) in the city of Manaus on diseases infectious parasitic diseases related to environmental degradation, from an ecosystem approach in geography of health. Specifically , (1) investigate the spatial distribution of the occurrence of infectious and parasitic diseases related to environmental degradation, deforestation, pollution of soil and water, in the city of Manaus, Brazil; (2) analyze and interpret the knowledge of students on measures for the prevention and control of environmental degradation urban and its relationship with health human; (3) analyze the knowledge of students on measures for the prevention and control of infectious and parasitic diseases; and (4) relate to the perception of the students the spatiality city of Manaus. The cover crop and the first natural resource to suffer the effects of human settlement without planning in the city of Manaus, followed by degradation of soil and water resources. Consequently, results in the production of various diseases related to this environmental degradation, such as dengue, malaria, typhoid fever, Leptospirosis, hepatitis (HAV) and tetanus. Under authorization of research Nº 011.37640.2012/SEDUC-AM, a questionnaire was applied quali-quantitative structured to 241 students inhabitants of all administrative areas North, South, East, West, South Central and Midwest, and that signed the Free and Informed Consent Form. The largest number of cases reported was of Malaria (92,74 % ), hepatitis (4.13 %) with data grouped for HAV, HBV and HCV, Dengue (2.75 %) and accounted for less than 1% of the cases of typhoid fever, leptospirosis and tetanus prevalent in Manaus in the year 2009. The Dengue, typhoid fever, hepatitis A, leptospirosis and tetanus have relation with the precarious conditions of sanitation environmental degradation and the ground (with household waste and needles) and surface waters and consumption of contaminated. The Malaria has relation with the deforestation in irregular occupation of the soil ("invasion") in the city of Manaus. residents have average age of 19.89 years (median 19 years; standard deviation of 3.33), being 43,15% of the male gender; 56.85% female. The survey covers 35 districts (56 %) of the 63 officially recognized by the city of Manaus. The inhabitants of the city perceive the place lived, the environmental sanitation, the environment, environmental degradation and the relationship with the production of parasitic diseases, prevention, the risk of becoming ill and dying, differently between the areas North, South, East, West, South and Center-west . The feeling of belonging or not the neighborhoods where they live, the absence of public services important to improve the quality of the environment and of life in the neighborhood, hinder create Links of identity between the resident and the city Manaus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.