• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2012.tde-22022013-104907
Documento
Autor
Nome completo
Juliana de Paula Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Ross, Jurandyr Luciano Sanches (Presidente)
Ferreira, Rosely Pacheco Dias
Manfredini, Sidneide
Perez Filho, Archimedes
Souza Filho, Edvard Elias de
Título em português
Avaliação da diversidade de padrões de canais fluviais e da geodiversidade na Amazônia - aplicação e discussão na bacia hidrográfica do Rio Xingu
Palavras-chave em português
Amazônia
Geodiversidade
Geomorfologia fluvial
Padrão de canais fluviais
Rio Xingu
Resumo em português
O estudo da geodiversidade vem sendo desenvolvido desde a década de 1990 e visa o conhecimento, descrição e conservação do patrimônio natural, através da avaliação de aspectos geológicos (minerais, rochas e fósseis), geomorfológicos (formas de relevo, processos) e pedológicos. A presente pesquisa buscou demonstrar e avaliar o potencial de utilização de variáveis da geomorfologia fluvial como indicadores de geodiversidade, considerando a subtilização deste tipo de indicador em estudos ambientais no Brasil. Essa subtilização coloca-se especialmente para a região amazônica, onde o ambiente fluvial tem grande relevância, seja nos aspectos ambientais, culturais estéticos ou científicos. O objetivo central da tese é a caracterização morfológica e análise, por amostragem, de padrões de canais fluviais e de outros parâmetros da morfologia fluvial na Bacia Hidrográfica do Rio Xingu, a fim de demonstrar a relevância desta variável para a avaliação da geodiversidade na Amazônia. Apesar de ainda ser, em grande parte, protegida por Unidades de Conservação e por Terras Indígenas, a Bacia Hidrográfica do Xingu sofre graves pressões antrópicas, ocasionadas principalmente pela monocultura de soja, nas áreas de cabeceiras, e pela construção da Usina Belo Monte na chamada Volta Grande do Xingu, próxima à sede do município de Altamira- PA. A pesquisa foi desenvolvida em duas escalas. Na de maior detalhe (1:150.000), foram realizados mapeamentos da morfologia fluvial para 23 áreas selecionadas como representativas da diversidade de padrões de canais fluviais na bacia hidrográfica considerada. Essa caracterização comprovou a grande diversidade de padrões de canais fluviais na área de estudo, demonstrando a pertinência desse parâmetro como indicativo de geodiversidade, e servindo também como base para a inserção da variável mudanças de padrão de canais fluviais na metodologia de mapeamento dos índices de geodiversidade da Bacia Hidrográfica do Xingu. Na escala de menor detalhe, foi aplicado um método de quantificação da geodiversidade, em toda a Bacia Hidrográfica, baseado na mensuração e integração dos elementos abióticos espacializados em mapas temáticos em escalas que variam de 1:250.000 a 1:1.000.000, com auxílio de um grid da articulação sistemática 1:25.000. Nesta escala foi realizada, também, uma correlação entre os índices de geodiversidade e os índices de biodiversidade, inferidos pelo XI mapeamento da vegetação em escala 1:250.000 (IBGE, 2000c). As principais contribuições da pesquisa foram o enriquecimento de bases para o estudo de grandes rios amazônicos e a aplicação de um método de mapeamento dos índices de geodiversidade, que poderá servir como instrumento para o planejamento ambiental, especialmente na definição de áreas prioritárias para conservação na região amazônica.
Título em inglês
Evaluation of the diversity of river channel patterns and geodiversity in the Amazon - application and discussion in the Xingu River Basin
Palavras-chave em inglês
Amazon
Fluvial geomorphology
Geodiversity
Rio Xingu
Standard fluvial channels
Resumo em inglês
The study of geodiversity has been developed since the 1990s and aims the knowledge, description and conservation of natural heritage, through the evaluation of geological (minerals, rocks and fossils), geomorphological (landforms, processes) and pedological aspects. This research has intended to demonstrate and evaluate the potential use of fluvial geomorphological variables as geodiversity indicators, in view of the underutilization of this kind of indicator in environmental studies in Brazil. This underutilization is a critical issue for the Amazon region, where fluvial environments have great relevance on diverse aspects (environmental, cultural, aesthetic and scientific). The central aim of the thesis is the morphological characterization and analysis of river channel patterns and other parameters of fluvial morphology in sampling areas in the Xingu River Basin, in order to demonstrate the relevance of these parameters for the assessment of geodiversity in the Amazon. Although still largely preserved by conservation units and indigenous lands, the Xingu Basin suffers severe anthropogenic pressures, mainly caused by soy monocultures in headwater areas and by the construction of the Belo Monte Dam in the "Volta Grande do Xingu", near the town of Altamira, in the state of Pará. This research was conducted at two different spatial scales. On a more detailed scale (1:150,000), maps of fluvial morphology were made for 23 selected areas, which were considered representative of the diversity of river channel patterns in the drainage basin. This characterization proved the great diversity of river channel patterns in the study area, demonstrating the relevance of this parameter as an indicator of geodiversity. Such a characterization was also useful as a basis for the inclusion of the variable "change in channel pattern" in the mapping methodology of the geodiversity indexes in the Xingu Drainage Basin. On a less detailed scale, a method to quantify the geodiversity was applied to the entire drainage basin, based on the measurement and integration of abiotic elements, spatially distributed on thematic maps with scales ranging from 1:250,000 to 1:1,000,000, with the aid of a systematic articulation grid 1:25,000. On this scale it was also performed a correlation between the geodiversity and the biodiversity indexes, the latter inferred by vegetation mapping on scale 1:250,000 (IBGE, 2000c). XIII The main contributions of this research are the enrichment of the knowledge basis about large Amazonian rivers, as well as the application of a method for mapping the geodiversity indexes, which can be useful as a tool for environmental planning, particularly in defining priority areas for conservation in the Amazon region.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-02-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.