• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2010.tde-19082011-155531
Documento
Autor
Nome completo
Elisabete Souza Maia Rodrigues Pires
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Barrozo, Ligia Vizeu (Presidente)
Almeida, Margarida Maria Mattos Brito de
Guimarães, Raul Borges
Título em português
Análise das relações entre espaço geográfico e perfil epidemiológico de tuberculose no município de Guarulhos, SP
Palavras-chave em português
Análise espacial
Geografia da Saúde
Guarulhos-SP
Tuberculose
Resumo em português
Em 1996, a Organização Mundial da Saúde declarava a tuberculose em estado de emergência no mundo, maior causa de morte por doença infecciosa em adultos. A Organização estima que em 2007, ocorreram aproximadamente 9,27 milhões de casos novos (139 casos por 100.000 habitantes) no mundo, sendo 14,8% (1,37 milhão) co-infectados pelo HIV. Em 2005, a tuberculose foi a 9ª causa de hospitalização e a 4ª causa de mortalidade por doenças infecciosas no Brasil. A tuberculose é uma doença que expressa forte relação com a pobreza. Assim, se existe forte relação entre tuberculose e pobreza, a produção do espaço urbano deve proporcionar as condições necessárias para a permanência e alta incidência da tuberculose em alguns municípios brasileiros. Para investigar tal relação, elegeu-se o município de Guarulhos, no estado de São Paulo, o segundo mais populoso do estado, com 1.299.283 habitantes. Em Guarulhos, a forma de ocupação e a redistribuição dos habitantes nos territórios do município vêm agravando os processos de exclusão social. O objetivo deste trabalho foi identificar o padrão espacial dos casos novos notificados de tuberculose no município de Guarulhos, de 1998 a 2009, e investigar a influência de algumas variáveis socioeconômicas na distribuição da doença. Para isso foram realizadas análises estatísticas espaciais para verificação do padrão de distribuição espacial da doença, em duas unidades de agregação (grandes bairros e setores censitários). Também foram elaborados mapas da distribuição espacial de variáveis socioeconômicas consideradas relevantes para a transmissão e ocorrência da doença. No período que compreendeu os anos de 1998 a 2009, foram notificados 4.524 casos novos de tuberculose em Guarulhos, de pacientes residentes no município. Os resultados da 7 análise puramente espacial para detecção de agrupamentos altos e baixos efetuada por meio do programa SaTscan mostraram que no período estudado, a incidência média anual foi de 35,2/100 mil habitantes. A análise dos agrupamentos espaciais por bairro mostrou-se inadequada para o estudo da distribuição da tuberculose em Guarulhos, pois não permitem analisar as condições intrabairro. Os bairros são por demais heterogêneos internamente. A análise de correlação entre o risco relativo e os setores censitários permite observar que o risco relativo de tuberculose em Guarulhos apresenta associação significativa com algumas variáveis: (1) relação direta com o percentual de domicílios particulares permanentes com mais de sete moradores; (2) relação inversa com o percentual de domicílios coletivos; (3) relação direta com o percentual de domicílios particulares permanentes com banheiro e acesso a esgoto e, (4) relação inversa com a densidade demográfica. Embora exista um padrão espacial e coincidência de condições precárias e a doença, os casos novos notificados em Guarulhos não são somente determinados pelas condições socioeconômicas. A identificação das áreas de mais alto risco de adoecer de tuberculose constitui instrumento útil para a estruturação de um sistema de vigilância com base territorial, identificando grupos populacionais prioritários.
Título em inglês
Analysis of relations between geographical space and epidemiological profile of tuberculosis in Guarulhos, SP
Palavras-chave em inglês
Geography of Health
Guarulhos-SP
Spatial analysis
Tuberculosis
Resumo em inglês
In 1996, the World Health Organization declared that tuberculosis in state of alert in the world. The disease was the lead cause of mortality by infeccious diseases in adults. The Organization estimates that in 2007, it occurred about 9.27 million new cases (139 cases by 100,000 people) in the world, of those, 14.8% (1.37 million) coinfected by HIV. In 2005, TB was the 9th cause of hospitalization and the 4th cause of mortality by infectious diseases in Brazil. From the geographical perspective, TB is a very interesting disease due to its strong association with the poverty. Thus, if there is strong association between TB and poverty, the production of the urban space must provide the conditions to the mantainement of high incidence of TB in some Brazilian municipalities. To investigate this relationship, the municipality of Guarulhos, SP, the second most populated in the state of São Paulo, was chosen. In Guarulhos, the spatial occupation and the redistribution of the inhabitants in the municipality has been agravating the processes of social exclusion. The main objective of this study was to identify the spatial pattern of the new cases of tuberculosis in Guarulhos, from 1998 to 2009, and, to investigate the influence of some socioeconomic variables in the disease distribution. Several statistical analyses were performed to verify the spatial pattern of the disease in two spatial unities of agregation (by bairros - Brazilian administrative division and by census tract). Maps of the distribution of socioeconomic variables were elaborated. In the study period, 4,524 new cases were notified in Guarulhos. Results of the spatial analysis to detection of high and low clusters performed by SaTscan software showed that the mean annual incidence was 35.2/100,000 inhabitants. The analyses by bairro showed inadequate to this study due to the internal hetorogeneity of this unity of analysis. The correlation between census tracts and relative risk allows to 9 observe that the relative risk in Guarulhos presents significant association with some variables: (1) direct relation with the percentage of households with more than seven people; (2) inverse relation with percentage of colective households; (3) direct relation with the percentage of households with bathroom and access to sewing, (4) inverse relation with demographic density. Although, there is a spatial pattern and coincidence of poor conditions and the disease, the new cases are not exclusively (or mainly) determined by socioeconomic conditions. The identification of high risk areas constitutes a usefool tool to the settlement of um surveillance system with territorial basis, identifying priority populational groups.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-08-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.