• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-19042018-104818
Documento
Autor
Nome completo
André Henrique Bezerra dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Déborah de (Presidente)
Ferreira, Ricardo Vicente
Pinton, Leandro de Godoi
Ross, Jurandyr Luciano Sanches
Villela, Fernando Nadal Junqueira
Título em português
Rearranjos de drenagem na bacia do Rio Capivari e morfogênese da Serra do Mar em São Paulo (SP): uma contribuição ao estudo de capturas fluviais em meio tropical úmido
Palavras-chave em português
Captura fluvial
Evolução do relevo
Geomorfologia fluvial
Geomorfometria
Luminescência opticamente estimulada
Resumo em português
A pesquisa teve como objetivo compreender o papel dos rearranjos de drenagem à evolução do relevo e da drenagem na bacia hidrográfica do Rio Capivari, situada no reverso da Serra do Mar, em São Paulo-SP. Parte-se da hipótese de que esses fenômenos seriam responsáveis por inúmeras anomalias de drenagem observadas, como: inflexões em ângulos retos, padrões de drenagem anômalos, colos, rupturas em perfis longitudinais e subdimensionamento de cursos dágua em relação aos vales. Especial ênfase foi dada à inflexão do alto Rio Capivari, localizada na confluência com o Ribeirão Embura, possível remanescente de uma captura fluvial, o qual melhor preserva as evidências de um rearranjo em toda a bacia. Os principais fatores dos rearranjos de drenagem na área foram: o forte gradiente hipsométrico proporcionado pela Serra do Mar, a densa trama de foliações e fraturas presentes no embasamento geológico, movimentações tectônicas recentes e as oscilações paleoclimáticas do Quaternário tardio. Sob influência dessas forças, alguns tributários da drenagem litorânea teriam se aproveitado de sua vantagem erosiva frente aos rios de planalto, produzido uma marcha de erosão regressiva em direção ao interior, com interferências nos canais situados em níveis sucessivamente mais elevados. Com base nas propostas metodológicas de Small (1972), Bishop (1995), Zaprowski et al. (2002) e Oliveira (2003), buscou-se a identificação de elementos morfológicos e sedimentológicos sugestivos desses processos, por meio de: análise de Modelos Digitais do Terreno (MDE) por métodos geomorfométricos; observação de fotografias aéreas; trabalhos de campo para descrição e coleta de materiais sedimentológicos; análise granulométrica, morfoscópica e mineralógica de sedimentos fluviais; e datação de sedimentos fluviais por Luminescência Óptica Estimulada para se estimar a idade da captura do alto curso do Rio Capivari. Os dados apresentados corroboram a hipótese de que o alto curso desse rio sofreu uma captura há cerca de 8.000 anos, no máximo, e que diversos outros casos de rearranjos de drenagem, entre eles reversões de grandes sistemas fluviais, seriam responsáveis pelas anomalias de drenagem observadas no interior da bacia estudada.
Título em inglês
Drainage rearrangements in the Capivari River basin and morphogenesis of Serra do Mar in São Paulo (SP): a contribution to the study of stream captures in a humid tropical environment
Palavras-chave em inglês
Fluvial geomorphology
Geomorphometry
Optically stimulated luminescence
Relief evolution
Stream capture
Resumo em inglês
The aim of this research was to understand the role of drainage rearrangements on the evolution of relief and drainage in the Capivari River basin, located on the reverse of Serra do Mar range, in the state of São Paulo, Brazil. It is assumed that these phenomena would be responsible for numerous drainage anomalies observed, such as: river inflections at right angles, anomalous drainage patterns, cols, knickpoints and river underfitting, considered as indicative for drainage rearrangements. Special emphasis will be given to the inflection of the Capivari River at the confluence with the Ribeirao Embura, a possible remnant of a stream capture, which best preserves the evidence of a rearrangement throughout the basin. The main factors of the drainage rearrangements in the area would be: the strong hypsometric gradient provided by Serra do Mar range, the set of foliations and fractures densely present in the geological basement, recent tectonic movements and climatic oscillations of the Quaternary. Under the influence of these forcings, some tributaries of the coastal drainage would have taken erosive advantage over the plateau upside rivers, producing a regressive erosion march towards the interior of the continent, leading to interferences in the river systems situated at successively higher levels. Based on the methodological proposals of Small (1972), Bishop (1995), Zaprowski et al. (2002) and Oliveira (2003), we seek the identification of morphological and sedimentological elements that are suggestive of these processes, by means of: Digital Elevation Models (DEM) analysis by geomorphometric methods; observation of aerial photographs; fieldwork for description and collection of sedimentological materials; granulometric, morphoscopic and mineralogical analysis of fluvial sediments; and dating of fluvial sediments by Optically Stimulated Luminescence to estimate the age of capture of the upper reaches of the Capivari River. The presented data corroborate the hypothesis that the high course of the Capivari river was captured at least 8,000 years ago and that several other cases of drainage rearrangements, including reversals of large river systems, would be responsible for the observed drainage anomalies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-19
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • SANTOS, A. H. B. dos, e OLIVEIRA, Déborah de. A influência de um impacto meteorítico na evolução da rede de drenagem no setor meridional do Planalto Atlântico Paulistano-SP. Revista de Geografia (Recife) [online], 2010, vol. 27, p. 181-194. Dispon?vel em: http://www.ufpe.br/revistageografia/index.php/revista/article/view/287/258.
  • SANTOS, A. H. B. dos, e OLIVEIRA, Déborah de. Considerações a respeito da diferença altimétrica leste-oeste e da possível existência de um segundo anel soerguido na Cratera de Colônia, São Paulo, Brasil. Geografia. Ensino & Pesquisa (UFSM) [online], 2008, vol. 12, p. 4879-4894. Dispon?vel em: http://cascavel.ufsm.br/revistageografia/index.php/revistageografia/article/view/62/37.
  • SANTOS, A. H. B. dos, e OLIVEIRA, Déborah de. Trajetórias do rio Capivari: implicações de um impacto meteorítico na drenagem no reverso da Serra do Mar, São Paulo, Brasil. Geografias (UFMG) [online], 2008, vol. 4, p. 69-76. Dispon?vel em: http://www.igc.ufmg.br/geografias/arquivos/revistas/Geografias%20v4%20n2_2008.pdf.
  • CARVALHO, B. C., SANTOS, A. H. B. dos, e OLIVEIRA, Déborah de. Trabalho de campo como recurso didático no ensino de geografia física. In 12º Encuentro de Geógrafos de América Latina, Montevideu, 2009. 12º Encuentro de Geógrafos de América Latina.Montevideu, 2009.
  • OLIVEIRA, Déborah de, et al. Anomalias de drenagem no Planalto Atlântico Paulista (Brasil) e evidências de capturas de drenagem. In V Congresso Nacional de Geomorfologia, Porto, 2010. Anais do V Congresso Nacional de Geomorfologia.Porto, 2010. Resumo.
  • SANTOS, A. H. B. dos, e OLIVEIRA, Déborah de. A influência de um impacto meteoriítico na evolução da rede de drenagem no setor meridional do Planalto Paulistano-SP. In VIII Simpósio Nacional de Geomorfologia, Recife, 2010. Revista de Geografia (Recife).Recife : Editora da UFPE, 2010.
  • SANTOS, A. H. B. dos, e OLIVEIRA, Déborah de. Considerações a respeito da diferença altimétrica leste-oeste e da possível existência de um segundo anel soerguido na cratera de Colônia, São Paulo, Brasil. In V Seminário Latino-Americano e I Seminário Ibero-Americano de Geografia Física, Santa Maria-RS, 2008. Edição Especial da Revista Geografia, Ensino & Pesquisa.Santa Maria-RS, 2008.
  • SANTOS, A. H. B. dos, e OLIVEIRA, Déborah de. O uso de SIG na análise da evolução da bacia do Rio Capivari, São Paulo-SP. In XIII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, Viçosa - MG, 2009. Anais do XIII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada., 2009. Resumo.
  • SANTOS, A. H. B. dos, e OLIVEIRA, Déborah de. Trajetórias do rio Capivari: implicações de um impacto meteorítico na drenagem no reverso da Serra do Mar, São Paulo, Brasil. In VII Simpósio Nacional de Geomorfologia e II Encontro Latino-americano de Geomorfologia, Belo Horizonte, 2008. Anais do VII Sinageo.Belo Horizonte : Editora da UFMG, 2008.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.