• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-14032013-120725
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Persiani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Rocha, Yuri Tavares (Presidente)
Lopes, Maria Margaret
Marangoni, Ana Maria Marques Camargo
Título em português
Albert Löfgren: resgate, sistematização e atualidade do pensamento de um pioneiro nos campos da climatologia, fitogeografia e conservação da natureza no Brasil
Palavras-chave em português
Albert Löfgren
Commisão geographica e geologica de São Paulo
Fitogeografia
História da ciência
Paisagem
Proteção ambiental
Resumo em português
Esta pesquisa analisou a trajetória intelectual e a produção científica do naturalista sueco Johan Albert Constantin Löfgren (1854-1918) contribuindo, assim, com a história das ciências naturais no Brasil na transição entre os séculos XIX e XX. Para atingirmos este objetivo realizamos uma análise do conteúdo da sua produção técnico-científica para identificamos a estruturação das suas publicações (temáticas e abordagens predominantes). Este processo possibilitou a seleção dos tópicos aprofundados na análise do discurso, cuja decodificação revelou a visão de ciência e o papel do conhecimento; o conteúdo geográfico a ele inerente, vinculado à formação e organização do espaço e de formação da identidade nacional; seu pioneirismo em várias áreas do saber; sua atuação em importantes instituições de pesquisa; e, a atualidade de seu pensamento. Apesar de estrangeiro, Löfgren inseriu-se muito bem na sociedade brasileira do século XIX: estabeleceu relações sociais; manteve contato com o governo de diversas províncias e com instituições científicas nacionais e internacionais; e, assumiu a chefia de importantes seções ligadas a institutos de pesquisas, tais como a Seccção Botanica e Meteorologia da Commissão Geographica e Geologica de São Paulo, o Museu Sertório (atual Museu Paulista), o Horto Botânico (atualmente conhecido como Horto Florestal, Parque Estadual Albert Löfgren), a Secção de Botânica da Inspetoria de Obras Contra as Seccas, e Secção de Botânica do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Revelando a influência que as visões de ciência de Humblodt e Ritter tiveram em sua formação, Löfgren valorizou o entendimento da influência do meio físico nas sociedades e se dedicou à preservação de peças de arqueologia e de história natural, em particular dos sambaquis do litoral paulista. Por sua iniciativa, foi organizado o serviço meteorológico em São Paulo e no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Dedicou-se ao estudo da flora brasileira sob a ótica evolucionista, descrevendo seus aspectos fisionômicos e florísticos, sendo o primeiro a indicar um sistema para caracterizar os tipos e formas de vegetação do Cerrado. Löfgren envolveu-se no discurso científico durante o processo de formação e organização do espaço e da identidade nacional. Seus estudos sobre o potencial agrícola dos campos paulistas e do semiárido nordestino o levaram a combater a prática das queimadas e a dedicação exclusiva à monocultura. Ao denunciar os danos ambientais provocados pelo avanço das atividades econômicas e pelo crescimento desordenado das cidades, conseguiu o apoio de outros conservacionistas, que também se ergueram em defesa dos recursos florestais. Sua maior luta foi pela implantação de um serviço florestal que, por força de lei, garantisse a conservação das florestas. Albert Löfgren foi um cientista de seu tempo e criativo nas análises, propostas e prognósticos futuros. Um personagem da história da ciência paulista e brasileira, pouco conhecido e valorizado, cuja ampla contribuição, se colocada em prática, teria resultado em cenários melhores dos que existem hoje. O resgate histórico, a sistematização e a análise de sua produção permitiram fazer jus à sua memória científica e divulgar seu papel no entendimento do mundo geográfico paulista nos finais do século XIX e início do XX.
Título em inglês
Albert Löfgren: rescue, systematization and the current thinking of a pioneer in the fields of climatology, plant geography and nature conservation in Brazil
Palavras-chave em inglês
Albert Löfgren
Environmental protection
Geographical and geological commission of São Paulo
History of science
Landscape
Phytogeography
Resumo em inglês
This research analyzed the intellectual and scientific history of the swedish naturalist Johan Albert Constantin Löfgren (1854-1918) thereby contributing to the history of natural sciences in Brazil in the transition between the nineteenth and twentieth centuries. To achieve this goal we performed a content analysis of its technical-scientific production, to identify the structuring of his publications (predominant themes and approaches). This process enabled the selection of topics in-depth discourse analysis, which revealed the decoding view of science and the role of knowledge; geographic content to it inherently linked to the formation and organization of space and formation of national identity; his pioneering work in several areas of knowledge; his performance in major research institutions; and the current of his thought. Despite being foreign, Löfgren was introduced into Brazilian society of the nineteenth century: established social relations; maintained contact with the government of various provinces and with national and international scientific institutions; and assumed leadership of important sections linked to research institutes, such as Section Botany and Meteorology of Geographical and Geological Commission of São Paulo, the Museum Sertório (now Museu Paulista), the Horto Botânico (now Horto Florestal, Albert Löfgren State Park), Section of Botany, of Inspetoria de Obras Contra as Seccas, and the Section of Botany of Botanical Garden of Rio de Janeiro. Revealing the influence that the visions of science of Humblodt and Ritter had in his formation, Löfgren gave importance to the understanding of the influence of the physical environment in the societies, and was dedicated to the preservation of archaeological and natural history artifacts, in particular the sambaquis on the coast of São Paulo. By his initiative, was organized the weather service in São Paulo and in the Botanical Garden of Rio de Janeiro. He devoted himself to the study of flora in the evolutionary perspective, describing its physiognomic and floristic aspects, and was the first to indicate a system to characterize the types and forms of Cerrado vegetation. Löfgren engaged in scientific discourse during the formation and organization of space and national identity. His studies on the agricultural potential of the fields in São Paulo and of semi-arid Northeast led him to combat the practice of burning and the dedication to monoculture. Denouncing the environmental damage caused by the advancement of economic activities and the unplanned growth of cities, won the backing of other conservationists, who also rose in defense of forest resources. His biggest fight was for the establishment of a forest service that, by law, guarantees the conservation of forests. Albert Löfgren was a scientist of his time and creative in the analyzes, proposals and future predictions. A character in the history of São Paulo and Brazilian science, little known and valued, whose large contribution, if put into practice, would result in the best scenarios that exist today. The historical review, systematization and analysis of his production allowed doing justice to his memory scientific and disseminating his role in the understanding of the São Paulo geographic world in the late nineteenth and early twentieth centuries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.