• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2001.tde-14012003-160032
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Schiavone Cardoso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Toledo, Gil Sodero de (Presidente)
Boggiani, Paulo Cesar
Queiroz Neto, Jose Pereira de
Seabra, Manoel Fernando Goncalves
Silva, Luiz Geraldo Santos da
Título em português
Pescadores artesanais: natureza, território, movimento social.
Palavras-chave em português
movimento social
natureza
pesca artesanal
pescadores
território
Resumo em português
Esta tese retrata uma trajetória: parte da análise da apropriação da natureza e do conhecimento na pesca, analisa o território enquanto instrumento de gestão nas pescarias e as propostas do movimento social dos pescadores. Busca apreender as proposições surgidas no interior da categoria dos pequenos produtores pesqueiros para a gestão das pescarias e o papel que os chamados produtores pesqueiros artesanais possuem como agentes de um novo modelo para o setor pesqueiro. Formatar este modelo deve levar em consideração três elementos fundamentais : o conhecimento que pescadores possuem sobre a natureza, o território enquanto instrumento de gestão e a politização do movimento de pescadores. Este trabalho se estrutura em cinco momentos. Inicia-se com uma breve caracterização da pesquisa e das questões propostas pela Geografia que serão utilizadas no encadeamento deste trabalho. O segundo momento analisa o setor pesqueiro em sua evolução recente e a caracterização da crise que permeia a atividade pesqueira. O terceiro momento analisa a formação do pescador e o conhecimento produzido na relação com os elementos naturais, formando um campo de conhecimento fundamental para um modelo de gestão que leve em conta a especificidade da relação sociedade e natureza no setor pesqueiro. O quarto momento analisa a questão territorial nas pescarias. Comporta escalas variadas e fundamenta-se em algumas propostas de gestão de pescarias baseadas no território. O quinto momento retrata os pescadores em seu movimento social. Movimento em seu sentido amplo, formal ou informal, concreto, de idéias, na busca de afirmar seu papel enquanto sujeitos sociais e políticos. Traçado este percurso, o trabalho aponta para princípios de gestão das pescarias, como possíveis caminhos para a reprodução do setor.
Título em inglês
Artisanal fishermen: nature, territory, social movement.
Palavras-chave em inglês
artisanal fishing
fishermen
nature
social movement
territory
Resumo em inglês
The present thesis reflects a trajectory: it starts with the analysis of the tenure of nature and the experience with fishing, analyses the territory as a management tool in fishing and ends with proposals from the fishermen's social movement. It aims at understanding the proposals arising from the category of small scale fishermen for the management of fishing activities and the role that the so-called artisanal fishing has as an agent of a new model for the fishing sector. Formatting this model should take into consideration three fundamental elements: the knowledge that fishermen have of nature, the territory as a management tool and the politicization of the fishermen’s social movement. This study comprises five moments. In the first moment there is a brief characterization of the research and the questions put forward by Geography, which will be carried out in the making of this research. In the second moment it analyses the fishing sector in its recent developments and the characterization of the crisis which permeates the fishing activity. In the third moment it analyses the formation of fishermen and their knowledge arising from their relation with natural elements, thus building a fundamental basis for a management model which bears in mind the specificity of the relation between society and nature in that sector In the fourth moment it analyses the issue of territory in fishing activities, which involves various steps and is based on some proposals for fishing management with territory control. In the fifth moment it portrays fishermen in their social movements – movement here understood in its wider sense, either formal or informal, either concrete or based on ideas - aiming at asserting their role as social and political subjects. As this trajectory is over, this research points at fishing management principles as possible ways for the continuity of the activities in the sector.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2003-02-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.