• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-04022015-120124
Documento
Autor
Nome completo
Renata Cavion
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Lombardo, Magda Adelaide (Presidente)
Conti, Jose Bueno
Hoenicke, Nilzete Farias
Ortigoza, Silvia Aparecida Guarinieri
Rodrigues, Cleide
Título em português
Cidade sob(re) as águas: estratégias de ação e de políticas urbanas
Palavras-chave em português
Bolonha
Estratégias Urbanas
História das Cidades
Inundação Urbana
Joinville
Políticas Urbanas
Resumo em português
As respostas das cidades aos impactos provocados pela força das águas demonstram a inépcia de grande parte dos lugares em lidar com esse fenômeno natural. O número crescente de prejuízos causados pela incapacidade de enfrentar as inundações é um dos maiores desafios enfrentados pelo homem na atualidade. Joinville, a maior cidade do estado de Santa Catarina/Brasil, tem enfrentado esse desafio desde sua fundação sem conseguir responder de modo positivo à força da água. Desde o primeiro registro de inundação na Bacia do Rio Cachoeira, em 1865, a ocorrência desse evento manteve certa regularidade, intensificada de modo significativo no início do século XXI. Nesse contexto, supôs-se que os seus rios não tenham sido considerados elemento urbano no processo de desenvolvimento da cidade. Assim, a verificação desse pressuposto consiste o principal objetivo desta pesquisa. Para atingir esse objetivo foram estabelecidos outros dois objetivos específicos: o primeiro propôs identificar na História os diferentes tipos de comportamento decorrentes da relação estabelecida entre o homem (e suas cidades) e as águas. A revisão bibliográfica permitiu a classificação de três tipos básicos de relação quando a cidade percebe as águas como obstáculo, quando as vê como ameaça e quando as percebe como vantagem, sendo esta última de maior interesse de estudo que foi aprofundado através da análise da história da região de Bolonha, Itália. O segundo objetivo específico foi identificar as estratégias adotadas que asseguraram uma condição de estabilidade diante da força e imprevisibilidade das águas. Foram identificadas quatro estratégias que, juntas, determinam o comportamento dos lugares que consideram as águas como elemento urbano. Para atingir o objetivo principal desta pesquisa, verificou-se se as decisões tomadas por Joinville seguiram em sentido favorável ou contrário à direção de cada uma das quatro estratégias. A estrutura de pesquisa foi baseada no Método do Planejamento Estratégico e utilizou o embasamento analítico fornecido pela Teoria do Espaço Geográfico, de Milton Santos. O trabalho de investigação partiu de dados extraídos de fontes primárias e secundárias e o arcabouço construído definiu os preceitos que permitiram corroborar a hipótese da pesquisa, levando a afirmar que o rio não foi considerado elemento urbano no processo de desenvolvimento da cidade de Joinville. Os estudos realizados evidenciam que as quatro estratégias identificadas são componentes fundamentais do processo de planejamento para a construção de cidades mais resilientes e seguras diante dos fenômenos das inundações urbanas.
Título em inglês
City Near/Under Water: Urban Politicy and Action Strategies
Palavras-chave em inglês
Bologna
Cities History
Joinville
Urban Flood
Urban Policy
Urban Strategies
Resumo em inglês
The responses of the cities to the impacts caused by the force of the waters demonstrate the ineptitude of most places to deal with this natural phenomenon. The increasing number of losses caused by the inability to face the flooding is one of the biggest challenges of our society today. Joinville, the largest city in the state of Santa Catarina/Brazil, has faced this challenge since its founding and has been unable to respond positively to the force of the water. Since the first recorded flood in the Cachoeira River Basin in 1865, the occurrence of this event has some regularity but has increased significantly in the early twenty-first century. In this context, this research has assumed that Joinville's rivers have not been considered urban element in the development process of the city. Thus, the verification of this assumption consisted in the main objective of this research. To achieve this objective, more two specific targets were set: the first one was to identify in the History the different types of behavior resulted from the relationship between man (and their cities) and water. The literature review allowed the classification of three basic types of relationship - when the city realizes the waters as a barrier, when it sees the waters as a threat and when it realizes them as an advantage, the latter was the focus of this study that was deepened by examining the history of the region of Bologna, Italy. The second specific objective was identifying the strategies adopted which ensured a stability condition against the strength and unpredictability of water. This study has identified four strategies that together determine the behavior of the places that regard water as an urban element. To achieve the main goal of this research, it was analysed if the decisions taken by Joinville followed in favorable or contrary sense of each of the four identified strategies. The research structure was based on the Method of Strategic Planning and used the analytic basis provided by the Geographic Theory of The Space formulated by Milton Santos. This research work used data extracted from primary and secondary sources, and the constructed outline has defined the precepts that have allowed to corroborate the hypothesis of the research, leading to state that the rivers were not considered urban element in the development process of the city of Joinville. The studies showed that the four strategies identified are key components for the planning process to build more resilient and safer cities against the phenomena of urban flooding.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.