• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-21072011-091537
Documento
Autor
Nome completo
Iris Morais Araujo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Simoes, Julio Assis (Presidente)
Debert, Guita Grin
Saliba, Elias Thome
Título em português
Versões do "progresso": a modernização como tema e problema do fotógrafo Militão Augusto de Azevedo (1862-1902)
Palavras-chave em português
Fotografia
Militão Augusto de Azevedo
Monarquia e República
Progresso
São Paulo
Resumo em português
Esta dissertação centra-se no legado de Militão Augusto de Azevedo (1837-1905) com o objetivo de desvendar as diferentes maneiras que tal fotógrafo representou o processo de modernização ocorrido nas últimas décadas do século XIX no Brasil e, especialmente, em São Paulo. Tomando a especificidade de sua profissão, buscou-se apresentar a maneira com que uma rede de relações sociais foi tecida em torno desta personagem. Estes vínculos permitem notar qual foi o lugar angariado por Militão naquela sociedade; tal posição marcaria de modo perene as percepções do fotógrafo acerca dos processos de mudança que vivenciou. A análise dos documentos de Militão, particularmente suas fotografias e cartas, configura uma polissemia de significados a respeito das transformações ocorridas na cidade de São Paulo a partir da década de 1860, e na política brasileira, após a Proclamação da República. Desta forma, as observações da personagem a respeito de seu mundo em mudança asseveram que, menos do que coladas ao progresso, as representações do fotógrafo formam um amálgama de temporalidades desencontradas, que se imbricam e se tensionam.
Título em inglês
Versions of "progress": the modernization as the theme and problem of the photographer Militão Augusto de Azevedo (1862-1902)
Palavras-chave em inglês
Militão Augusto de Azevedo
Monarchy and Republic
Photography
Progress
São Paulo
Resumo em inglês
This dissertation is focused on the inheritance of a photographer called Militão Augusto de Azevedo (1837-1905). Its goal is to investigate the different sorts of his representation of the modernizations process in the last decades of the 19th century in Brazil, and, especially in the city of São Paulo. Considering the particularity of his profession, this text presents the net of social relations built around this photographer. These bonds lead us to realize the place of Militão in that society, and, how such position would mark perennially his perceptions about the process of changes which he had witnessed. The analysis of Mititãos documents, especially his photographs and letters, figures as a polysemy of meanings about the transformations occurred in the city of São Paulo since 1860 and in the Brazilian politics after the Republics Proclamation. In such a way, the comments of the character on his changing world asseverate that, less than directly related to the progress, his representations mix different temporalities, which overlap and tension themselves.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-07-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.