• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-17072012-141919
Documento
Autor
Nome completo
André Drago Ferreira Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Moises, Beatriz Perrone (Presidente)
Goldman, Marcio
Sztutman, Renato
Título em português
Formas políticas ameríndias: etnologia jê
Palavras-chave em português
antropologia política
chefia
Etnologia ameríndia
história da antropologia

Resumo em português
Talvez demasiado complexa, caminho tortuoso para a compreensão das sociedades ameríndias, a questão do político parece receber pouca atenção por parte dos americanistas. Diante deste relativo e peculiar abandono, esta pesquisa visa fornecer estímulos e subsídios para a retomada das reflexões a respeito. Mais precisamente, alvitro sopesar o silêncio identificado e localizar o objeto a política tal como emerge num panorama duplamente restrito: à etnologia jê, dedicada a uma conjunção antropológica homônima de grupos indígenas, e ao período que, segundo os próprios jê-ólogos (cf. Coelho de Souza 2002), circunscreveria o processo de instituição de sua subdisciplina enquanto domínio científico relativamente autônomo, limitado, de um lado, pelo momento em que a etnologia forma, nomeia e individualiza os Jê no início do século XX , e, de outro, pelos esforços pioneiros de Curt Nimuendajú e pelo empreendimento sintético em que consistiu o Handbook of South American Indians (cf. Steward 1949). Espécie de Arqueologia (cf. Clastres 1980), o presente trabalho rechaça a pretensão de reagir à raridade com que o objeto a política jê encontra-se devidamente formalizado como uma espécie de pobreza enunciativa a compensar, e impõe-se o dever de tratar a variedade dos sentidos que lhe são imputados e a heterogeneidade de suas proveniências não como obstáculos no caminho de uma síntese qualquer, mas, justamente, como aquilo a descrever e a analisar.
Título em inglês
Amerindian political forms: Gê ethnology
Palavras-chave em inglês
Amerindian ethnology
chieftainship

history of anthropology
political anthropology
Resumo em inglês
Perhaps a rather slippery path to the understanding of Amerindian societies, perhaps an avoidable complexity, politics is a subject usually met with silence by americanists. Given its relative and peculiar abandonment, this research aims to supply incentives and materials for forthcoming reflections. More precisely, I try to locate and reconstruct the object politics along a double-restricted panorama: to Gê Ethnology committed to a homonymous anthropological conjunction of indigenous groups; and to the period which, according to my fellow gê-ologists (cf. Coelho de Souza 2002), encompasses the sub-disciplines establishment as relatively autonomous scientific niche, limited, on one side, by the ethnological forming, naming and individualization of the Gê in the early twentieth century , and, on the other, by Curt Nimuendajús pioneer efforts and by Julien Stewards synthetic enterprise, i.e., the Handbook of South American Indians (1949) later on the course of that same century. Some kind of Archeology (cf. Clastres 1980), this work repels the pretense of regarding the objects Gê politics lack of formal definitions as enunciative deficiencies to compensate for, and undertakes the incumbency of treating its polysemic fleeting substance(s) not as obstacles impeding any sort of synthesis, but as the very stuff of its descriptions and analyses.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-07-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.