• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-14032014-103244
Documento
Autor
Nome completo
Janaina Damaceno Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Munanga, Kabengele (Presidente)
Consorte, Josildeth Gomes
Gusmão, Neusa Maria Mendes de
Pereira, Joao Baptista Borges
Silva, Mario Augusto Medeiros da
Título em português
Os Segredos de Virgínia: Estudo de Atitudes Raciais em São Paulo (1945-1955)
Palavras-chave em português
Atitudes raciais
Educação
Intelectuais negras
Relações raciais
Virgínia Bicudo
Resumo em português
Entre 1945 e 1955, a socióloga, visitadora psiquiátrica e psicanalista negra Virgínia Leone Bicudo escreve dois trabalhos sobre relações raciais no Brasil: o primeiro é a tese Estudo de atitudes raciais de pretos e mulatos em São Paulo (1945), sua dissertação de mestrado concluída na Escola Livre de Sociologia e Política (ELSP). Nela, a autora discute a importância da formação de associações negras, como a Frente Negra Brasileira, na mobilização contra os obstáculos para ascensão social dos negros. O segundo trabalho, publicado em 1955, é Atitudes de Alunos de Grupos Escolares em Relação com a Cor dos seus Colegas, resultado das suas pesquisas durante a realização do Projeto Unesco-Anhembi em São Paulo. Ao trabalhar as dimensões subjetivas do preconceito, ela se aproxima dos discursos de intelectuais negros como Frantz Fanon e Guerreiro Ramos. Nosso objetivo é analisar como os estudos de atitudes impactaram as pesquisas sobre relações raciais no Brasil durante o período em que Virgínia escreveu os seus trabalhos, bem como pensar nos processos de legitimação do intelectual negro na universidade.
Título em inglês
Secrets of Virgínia: Racial Attitudes in Sao Paulo
Palavras-chave em inglês
Black women intellectuals
Education
Race relations
Racial attitudes
Virgínia Bicudo
Resumo em inglês
The black sociologist and psychoanalyst Virginia Leone Bicudo wrote two works on race relations in Brazil. The first was Study of racial attitudes of blacks and mulattos in São Paulo (1945), - her thesis at Escola Livre de Sociologia e Política (ELSP). The author analyses the brazilian black associations, such as the Frente Negra Brasileira. The second study, published in 1955, Attitudes of Students in School Groups in Relation to Color of their Colleagues, results of her research during the Sao Paulo UNESCO-Anhembi Project. Her research about the subjective dimensions of racial prejudice approaches her of the discourses of black intellectuals like Frantz Fanon and Guerreiro Ramos. Our thesis intend to know how the studies of attitudes impacted research on race relations in Brazil during the period in which Virginia wrote their works, as well as thinking about the processes of legitimation of black intellectuals in the university.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.