• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-08072015-113326
Documento
Autor
Nome completo
Joana Silva de Araujo Farias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Sztutman, Renato (Presidente)
Cohn, Clarice
Figueiredo, Marina Vanzolini
Título em português
Modelando parentes: sobre as redes de relações da ritxo(k)o entre os Karajá
Palavras-chave em português
Brinquedo
Corpo
Criança
Karajá
Pessoa
Resumo em português
A ritxo(k)o tem sido citada na bibliografia etnográfica desde a primeira expedição que chegou ao Araguaia em 1887. Desde então tem sido traduzida como "boneca karajá" e muitas etnografias sugerem seu papel como brinquedo de criança. O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre essa tradução, tentando entender quais as redes de relações que a ritxo(k)o engendra e participa. Mostrarei que a ritxo(k)o está inserida nas redes de relações de parentesco, ao mesmo tempo que constitui algumas dessas relações, em especial aquelas entre avós e netas. Também ressaltarei seu lugar de importância nas relações com os tori (os não indígenas). O parentesco é aqui abordado como processo de produção de corposparentes, portanto, além de explorar a produção das relações entre os parentes, também me voltarei para o corpo que se visa construir nesse processo. Irei sugerir que este corpo é produzido através de processos que se assemelham aos utilizados na produção de objetos, como a ritxo(k)o. Por último apresentarei uma reflexão sobre a questão do brinquedo nas sociedades ameríndias.
Título em inglês
Shaping Kinspeople: about the ritxo(k)o relationships networks among the Karaja
Palavras-chave em inglês
Body
Children
Karaja
Personhood
Toy
Resumo em inglês
The bibliography has mentioned the ritxo(k)o since the first expedition which took place in Araguaia in 1887. From this time forward, the researchers chose to translate it as karaja doll and suggest its place as a childrens toy. The present research aim to discuss this translation, based on the relation networks in which ritxo(k)o participates and produce. I will demonstrate that the ritxo(k)o participates in relation networks between kin and at the same time is constitutive of some of this relations, especially those between grandmother and granddaughter. Also, I will remark its important place among the relations with the tori (nonindigenous). I talk about kinship as a process that produces kin-bodies. This approach requires not only an exploration of the production process of kin relations, but of the body that is constituted in this process as well. I will suggest that this body is produced through process that resemble those used to produce objects. In the conclusion, I will present a discussion about the matter of toys among the Amerindians.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-07-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.