• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2007.tde-05122007-151059
Documento
Autor
Nome completo
Jose Luis de Oliveira Cabaço
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Munanga, Kabengele (Presidente)
Barbosa, Wilson do Nascimento
Bellucci, Beluce
Rosário, Lourenço Joaquim da Costa
Serrano, Carlos Moreira Henriques
Título em português
Moçambique: identidades, colonialismo e libertação
Palavras-chave em português
Assimilação
Colonialismo
Identidade
Libertação
Moçambique
Resumo em português
A presente tese define-se como uma reflexão acerca das políticas de identidade promovidas pelo estado colonial português e pela Frente de Libertação de Moçambique, com ênfase nos cem anos que antecederam a independência, proclamada em junho de 1975. Procurando uma perspectiva multidisciplinar, a análise é orientada por conceitos que procuram destacar fatores determinantes da concepção de dualismo inerente à situação colonial. A abordagem das várias estratégias culturais a que recorreu a metrópole para sustentar sua "vocação" imperial constitui um dado significativo do trabalho que procurou compreender algumas particularidades do projeto lusitano, com a preocupação de enquadrá-lo num processo mais amplo que não poderia desconsiderar os passos da História no ocidente. Partindo do estudo das duas concepções de assimilação e sua continuidade no luso-tropicalismo (e sua instrumentalização pelo Estado Novo português), a análise focaliza a gênese do nacionalismo e a nova dinâmica que a tática de guerrilha, implementada pela luta de libertação nacional, introduz no território de Moçambique. No que se refere à política de identidade nacional proposta pela FRELIMO, foi privilegiada pela pesquisa a dialética que ela estabelece com as sociedades tradicionais.
Título em inglês
Mozambique: identities, colonialism and liberation
Palavras-chave em inglês
Assimilation
Colonialism
Identities
Liberation
Mozambique
Resumo em inglês
The present thesis deals with the identity policies promoted by the Portuguese colonial State and the Mozambique Liberation Front (FRELIMO), with emphasis on the last hundred years before independence, proclaimed in June 1975. Aiming at a multidisciplinary approach, the analysis is oriented by concepts that put in evidence determinant factors of the dualistic nature of colonial situation. The approach to the various cultural strategies used by Portugal to support its imperial "vocation" represents a significative part of this study. It tries to understand some details of the Portuguese project, by framing it within a wider perspective that could not neglect Western History. Starting from the study of the two conceptions of assimilation and its luso-tropicalistic development (the use of the theory carried out by the Portuguese "New State" regime) the analysis focus on the origins of nationalism as well as on the new dynamics introduced in the territory by the guerrilla tactics used during national liberation struggle. Concerning FRELIMO's national identity policy, this research privileges the dialectics it establishes with traditional societies of Mozambique.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-12-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.