• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-05032013-120422
Documento
Autor
Nome completo
Jacqueline Moraes Teixeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Montero, Paula (Presidente)
Almeida, Heloisa Buarque de
Birman, Patricia
Título em português
Da controvérsia às práticas: conjugalidade, corpo e prosperidade como razões pedagógicas na Igreja Universal
Palavras-chave em português
Aborto
Conjugalidade
Corpo
Razão pedagógica
Religião
Resumo em português
Trata-se nesta pesquisa de uma análise das relações entre religião e esfera pública, pensada aqui como um espaço de interações discursivas que se configura na medida em que algumas práticas cotidianas ganham visibilidade por meio de produção de controvérsias. Tendo como ponto de partida o posicionamento de alguns líderes da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) acerca da legalização do aborto, passo a examinar algumas práticas dos fiéis, circundando, especificamente, dispositivos referentes a uma "razão pedagógica" que tem como eixos centrais o cuidado de si e a conjugalidade. A Igreja Universal (IURD) sempre aparece como uma importante agência produtora de práticas relacionadas à Teologia da Prosperidade (TP), que tem no dinheiro o centro de sua produção ritual. Apresento como foco deste texto a análise de um programa disciplinar baseado nos direitos reprodutivos, permitindo-nos pensar que as práticas de prosperidade na IURD não se restringem apenas ao âmbito financeiro representado pelo dinheiro ou seja, o dinheiro não é o único mediador-ritual da prosperidade , e ainda, que as noções de prosperidade e de vida em abundância podem ser praticadas, e consequentemente reformuladas, em todas as instancias da vida, sendo a família a principal delas. Segundo essa lógica, a prática abortiva, comumente relacionada à clandestinidade e a ilegitimidade, aparece como uma recomendação diretamente ligada à disciplina familiar rumo à prosperidade.
Título em inglês
From controversy to practice: connubiality, body and prosperity as pedagogical reasons in the Universal Church
Palavras-chave em inglês
Abortion
Body
Connubiality
Pedagogical reason
Religion
Resumo em inglês
This research analyzes the relations between religion and public sphere, seen here as a space of discursive interactions which shape itself as some daily practices earn visibility through the production of controversies. As a starting point, I analyze the point of view of some leaders of the Universal Church from the Kingdom of God concerning the abortion legalization, and the faithful practices, encircling specifically devices encompassing a "pedagogical reason" whose aims are the care of oneself and the connubiality. The Universal Church always appears as a important agency producing practices related to the Theology of Prosperity that has the money as the center of its ritual production. The focus of this research is the analysis of a disciplinary program based on reproductive rights allowing us to think not only that the prosperity practices of the Universal Church are not restricted to the financial scope represented by the money in other words, the money is not the only ritual mediator of prosperity , but also that the notions of prosperity and a prosperous life can be practiced, therefore reformulated, in every aspect of life, the family being the most important aspect of it. According to this, the abortion, which is related to illegality and illegitimacy, emerges as a recommendation directly associated to family discipline heading towards prosperity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-03-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.