• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2011.tde-29042013-123712
Documento
Autor
Nome completo
Djalma Medeiros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Moura, Carlos Alberto Ribeiro de (Presidente)
Marques, Edgar da Rocha
Pinheiro, Ulysses
Santos, Luiz Henrique Lopes dos
Silva, Franklin Leopoldo e
Título em português
Aristotelismo e mecanicismo na concepção de Leibniz sobre a matéria
Palavras-chave em português
Aristotelismo
Cartesianismo
Dinâmica
Leibniz
Matéria
Resumo em português
A concepção de matéria que emerge da dinâmica leibniziana é interessante pelo modo em que junta e contrapõe aristotelismo e mecanicismo. Embora Leibniz freqüentemente use um vocabulário aristotélico, às vezes parece reorientá-lo inteiramente para emoldurá-lo aos seus conceitos, enquanto outras o utiliza de maneira a sugerir não somente uma continuidade lexical, mas também conceitual. Leibniz retém do aristotelismo a noção que nos corpos há um princípio ativo e atual, do qual resultam sua substancialidade e potência de produzir efeitos, e, ademais, que há uma causa final atuante na natureza, como os aspectos potencial e teleológico da força viva indicam. E se é verdade que ele rejeita a noção cartesiana que a extensão é a essência dos corpos, entretanto, mantém que magnitude, figura e movimento são necessários para uma descrição dos fenômenos naturais.
Título em inglês
Aristotelism and mechanicism in Leibniz's conception of the matter
Palavras-chave em inglês
Aristotelism
Cartesianism
Dynamics
Leibniz
Matter
Resumo em inglês
The conception of matter that emerges from the leibnizian dynamics is interesting by the way in which joins and opposes Aristotelism and mechanicism. Although Leibniz often uses an Aristotelic vocabulary, sometimes he seems to reorient it totally for to frame it to its concepts, while others utilizes it of manner to suggest not only a lexical continuity, but also conceptual. Leibniz retains of the Aristotelism the notion that in the bodies there is an active and actual principle from which results their substantiality and potency to produce effects, and, besides, that there is a final cause acting in the nature, as the potential and teleological aspects of the live force indicate. Moreover, if it is true that he rejects the Cartesian notion that extension is the essence of the bodies, however, maintains that magnitude, figure and motion are necessary for a description of natural phenomena.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.