• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Cristian Vasconcellos Paoletti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Lacerda, Tessa Moura (Presidente)
Hirata, Celí
Oliva, Luís César Guimarães
Título em português
O problema da felicidade humana no melhor dos mundos possíveis
Palavras-chave em português
Felicidade
Filosofia Moderna
O Problema do Mal
Teodiceia
Resumo em português
Consagrado pela doutrina de que o nosso mundo é o melhor dos mundos possíveise por seu otimismo em relação à humanidade, o filósofo alemão G. W. Leibniz (1646-1716) não poderia deixar de tecer considerações sobre o problema da felicidade humana.Mas, em face das inúmeras mazelas que afligem a humanidade, e sendoo leibnizianismo um otimismo teísta, fundado naconvicçãoa respeitodo governo soberanode um Deusbom, segundo oqual se admite a existência de uma ordem moral e divina no Universo, apresentam-se para o pensador algumas dificuldades no que tange àdefesa da tese do melhor dos mundos, se quisermos admitir que este melhor consiste de um plano divino que diz respeito de alguma forma à humanidade e a seu bem estar, demandando-se, assim, a justificaçãodesua posiçãoà luz da experiência humana observável e dos aspectos metafísicos, teológicos e moraisde seu pensamento. O presente trabalho visa, assim, tratardo problema da felicidade humana no melhor dos mundos possíveis, partindo-se da exploração da concepção leibniziana de felicidade, elucidando-se o sentido da tese do melhor dos mundos possíveis, e culminando com a defesa da tese de que, a despeito das aparências em sentido contrário, neste melhor mundo, a felicidade dos espíritos é o principal embora não o único desígnio de Deus, considerando-se também o papel de uma solução escatológicae levando-se em contaque a felicidade, para o autor, não é um atributo estáticodo mundo, mas parte de um progresso perpétuo em perfeição e na direção de novos prazeres.
Título em inglês
The problem of human happiness in the best possible world
Palavras-chave em inglês
Early Modern Philosophy
Happiness
The Problem of Evil
Theodicy
Resumo em inglês
Establishedby his doctrine that our world is the best of the possible worldsand by his optimism about humanity, the german philosopher G. W. Leibniz (1646-1716) could not depart himself from considering the problem of human happiness. But, in face of the numerous ills that afflict humanity, and since leibnizianism is a theisticoptimism, founded on the conviction aboutthe sovereigngovernment of a goodGod, according to which the existence of a moral and divine order in the universe is admitted, some difficulties arise for the thinker in defending the thesis of the best of the possible worlds, if we want to admit that this "best" consists of a divine plan that somehow concerns humanity and its welfare, demandingthe justificationof his position in the light of observable human experience and the metaphysical, theological, and moral aspects of his thought. The present work, therefore, proposesdealing with the problem of human happiness in the best of possible worlds, starting from the exploration of the leibnizian conception of happiness, elucidating the meaning of the thesis of the best of possible worlds, culminating in the defense of the thesis that, in spite of appearances incontrary, in this "best world" the happiness of the spirits is the principal -though not the only of God's designs,andalso considering the role of an eschatological solution,and taking into account that happiness, for the author, is not a staticattribute of the world, but part of a perpetual progress in perfection and in the direction of new pleasures.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.