• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-21102014-185834
Documento
Autor
Nome completo
Frederico Pieper Pires
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Brandão, Eduardo (Presidente)
Araújo, Paulo Afonso de
Ferraz, Marcus Sacrini Ayres
Giacoia Junior, Oswaldo
Werle, Marco Aurélio
Título em português
Ontologia, teologia, metafísica no projeto transcendental de Martin Heidegger
Palavras-chave em português
Filosofia primeira
Fundamento
Metafísica do Dasein
Ontoteologia
Resumo em português
Esta tese tem como objetivo demonstrar como a noção de ontoteologia se mostra como conceito que permite vislumbrar importante movimento no pensamento de Heidegger no início da década de 1930. Para tanto, parte-se das análises da tensão entre ontologia e teologia ressaltada por ele em suas interpretações fenomenológicas da filosofia antiga. A partir de 1927, quando se dedica à fundamentação da metafísica a partir da finitude do Dasein, essa tensão é incorporada no conceito de metafísica, entendida como conhecimento do ente enquanto tal e na totalidade. No entanto, devido ao conflito que se deflagra entre a ênfase crescente na finitude do Dasein e nas pretensões universalistas da metafísica, tornado evidente no confronto com Hegel, Heidegger abandona essa perspectiva transcendental de uma metafísica científica. A expressão ontoteologia, nesse sentido, torna-se indicativa do afastamento desse projeto por apontar a não consideração da finitude do Dasein e a sobreposição que se promove entre ontológico e ôntico
Título em inglês
Ontology, theology and metaphysics in Martin Heideggers transcendental project
Palavras-chave em inglês
First philosophy
Ground
Metaphysics of Dasein
Ontotheology
Resumo em inglês
This thesis aims to show how the notion of ontotheology is a concept that indicates important movement in Heidegger's thinking in the early 1930s. To do so, we start with the analysis of the tension between ontology and theology emphasized by Heidegger in his phenomenological interpretations of ancient philosophy. From 1927, when he is engaged with the project of laying ground of metaphysics from the finitude of Dasein, this tension is incorporated in the concept of metaphysics, understood as knowledge of beings as such and as a whole. However, due to the conflict that breaks out between the increasing emphasis on the finitude of Dasein and the universalist pretensions of metaphysics, that becomes evident with the confrontation with Hegel, Heidegger abandons this transcendental perspective of a scientific metaphysics. The expression ontotheology is indicative of the abandoning of this project by pointing out the metaphysics failure to consider the finitude of Dasein properly and simultaneously to promote an overlap between ontic and ontological
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.