• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2019.tde-17102018-145857
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Madriñan Molina
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Zingano, Marco Antonio de Avila (Presidente)
Bolzani Filho, Roberto
Gazoni, Fernando Maciel
Lopes, Daniel Rossi Nunes
Motta, Alfonso Correa
Título em inglês
Platos Phaedrus: dialectic as the method of philosophical inquiry
Palavras-chave em inglês
Collection (συναγωγή) and division (διαίρεσις)
Dialectic
Elenchus
Hypothesis
Method of philosophical inquiry
Phaedrus
Plato
Resumo em inglês
Plato thought that dialectic is the method of philosophical inquiry. Yet there is no agreement between scholars regarding Plato's view of dialectic. The dominant interpretation, dating back to Robinson's Plato's Earlier Dialectic, which I call the "discontinuous" interpretation (DI), assumes a significant gap between Plato's account of dialectic as it is presented in the course of the dialogues. As such, although Plato considered dialectic as the method of philosophical inquiry, the term 'Dialectic' is just a façon de parler conveying the method he deemed most suitable at different moments. One should note that (DI) entails the following trilemma: Plato's dialectic, as the method of philosophical inquiry, must be identified with either Elenchus (E), Hypothesis (H) or Collection & Division (C&D). For example, Irwin (1988:7) argues that one should identify dialectic with (E) while Benson (2015:238) argues that one should identify dialectic with (H). In contrast with (DI), the goal of this dissertation is to defend a "continuous" interpretation (CI): Plato introduced a unified view of dialectic as the method of philosophical inquiry in the Phaedrus. My argument supporting (CI) relies on three main premises: (1) The so-called three methods, (E), (H) and (C&D), are three different procedures of one διαλεκτικὴ τέχνη; (2) Plato's διαλεκτικὴ τέχνη is both a method of communication and a method of discovering truth; and (3) The Phaedrus (261a-266b) contains Plato's unified view of διαλεκτικὴ τέχνη, conceived as an amalgam of (E), (H) and (C&D), and a method of communication and a method of discovering truth.
Título em português
O Fedro de Platão: dialética como o método de investigação filosófica
Palavras-chave em português
Dialética
Elenchus
Hipótese
Método de investigação filosófica
O Fedro
Platão
Reunião (συναγωγή) e divisão (διαίρεσις)
Resumo em português
Platão pensou que a dialética é o método de investigação filosófica. No entanto, não há consenso entre os estudiosos a respeito da sua visão da dialética. A interpretação dominante, que se remonta ao trabalho de Robinson Plato's Earlier Dialectic, que eu chamo de interpretação "descontínua" (ID), pressupõe que há uma ruptura na visão de Platão sobre a dialética no decorrer dos seus diálogos. Isto significa que ele considerou a dialética como o método de investigação filosófica, mas o termo 'dialética' é apenas uma façon de parler para se referir ao método que considerou mais adequado em diferentes momentos. Portanto, (ID) implica o seguinte trilema: Devese identificar a visão de Platão sobre a dialética, enquanto o método de investigação filosófica, com o Elenchus (E), com a Hypotesis (H), ou com a Coleção & Divisão (C&D)? Por exemplo, Irwin (1988: 7) afirma que a dialética deve ser identificada com (E), enquanto Benson (2015: 238) afirma que a dialética deve ser identificada com (H). Em contraste com (ID), o objetivo do presente trabalho é defender uma interpretação "contínua" (IC): No Fedro Platão introduz uma visão unificada da dialética como método de investigação filosófica. Meu argumento para defender (IC) está baseado em três premissas: (1) os chamados três métodos, (E), (H) e (C&D) são realmente três procedimentos diferentes de uma διαλεκτικὴ τέχνη; (2) a τέχνη διαλεκτικὴ de Platão é o método de comunicação e descoberta da verdade; e (3) o Fedro (261a-266b) contém a visão unificada de Platão sobre a διαλεκτικὴ τέχνη, concebida como uma amálgama de (E), (H) e (C e D), e o método de comunicação e descoberta da verdade.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.