• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2010.tde-10092010-111333
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Marcos da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Brandão, Eduardo (Presidente)
Giacoia Junior, Oswaldo
Ramos, Flamarion Caldeira
Título em português
O princípio de razão suficiente (1813) e a questão da verdade em Schopenhauer.
Palavras-chave em português
Lógica
Ratio cognoscendi
Riso
Schopenhauer
Verdade
Resumo em português
O presente trabalho se dispõe a discutir como Schopenhauer elabora seu princípio de razão suficiente, em sua primeira versão (1813), e qual a concepção de verdade empregada pelo autor para justificar o modo de operacionalização da segunda classe - ratio cognoscendi - do referido princípio e como ela se relaciona com as demais. Em face dessas duas questões apresenta-se como o autor desenvolve sua teoria do conhecimento conceitual e dos juízos. Também se busca discutir como a ciência, um saber abstrato, é sistematizada, dado que ela é um conjunto de conhecimentos homogêneos que depende de conceitos e tem sua organização expressada segundo a ratio cognoscendi. Por fim, a presente dissertação esclarece que a verdade nem sempre é o caso, pois, ao Homem, ocorre a capacidade do riso, fenômeno, o qual demonstra que nem sempre o princípio de razão e a concepção de verdade, que é uma de suas expressões e mostra a congruência entre as classes, é obedecido.
Título em inglês
The principle of sufficient reason (1813) and the question of the truth on Schopenhauer.
Palavras-chave em inglês
Laughter
Logic
Ratio cognoscendi
Schopenhauer
Truth
Resumo em inglês
This work presents a discussion about how Schopenhauer elaborates his principium rationis sufficientis, in it first version (1813), and which is the truth conception used by the author to justify the way of second class works - ratio cognoscendi - of it principle and how it is the relation among another ones. In face of this two questions, we present how author developes his theory of conceptual knowledge and judgments. We also expect to discuss how science, abstract knowledge (Wissen) is systematized, in so far as it is a class of homogeny knowledges that depend on concepts and have it organization express by ratio cognoscend. Finally, this dissertation explains why truth sometimes is not the case, because to human being happens the laughter capacity, phenomenon, which is one of it expressions and shows the incongruity of the classes, is satisfied.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-09-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.