• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2018.tde-09022018-100646
Documento
Autor
Nome completo
Gustavo Santos Giacomini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Ferraz, Marcus Sacrini Ayres (Presidente)
Ferraz Neto, Bento Prado de Almeida
Moura, Alex de Campos
Título em português
Intuição categorial e questão do ser: aproximações entre Edmund Husserl e o jovem Martin Heidegger
Palavras-chave em português
Edmund Husserl
Fenomenologia
Intuição categorial
Martin Heidegger
Questão do ser
Resumo em português
No presente trabalho propomos aproximar criticamente as filosofias de Edmund Husserl e Martin Heidegger, no que concerne às concepções de intencionalidade, intuição categorial e a questão do ser. Com isso, o objetivo é apontar que a questão do ser articulada em Ser e Tempo é consequência de um processo investigativo do jovem Heidegger no qual a fenomenologia husserliana desempenha papel fundamental. Para isso, versamos mostrar conceitualmente como algumas das noções propostas por Husserl em particular a de intuição categorial são empregadas nas problematizações do jovem Heidegger. Desse modo, almejamos mostrar que a questão do ser formulada por Heidegger deve muito à noção de intencionalidade de origem husserliana.
Título em inglês
Categorial intuition and question of being: approximations between Edmund Husserl and the young Martin Heidegger
Palavras-chave em inglês
Categorial intuition
Edmund Husserl
Martin Heidegger
Phenomenology
Question of being
Resumo em inglês
In the present study we propose to approximate critically the philosophies of Edmund Husserl and Martin Heidegger, regarding the conception of intentionality, categorial intuition and the question of being. Therewith, the aim is to point that the question of being articulated in Being and Time is a consequence of an investigative process of the young Heidegger, in which the husserlian's phenomenology performs a main role. Thereunto, we plan to show conceptually how some of the notions proposed by Husserl in particular the categorial intuition are employed in the thesis of the young Heidegger. Thereby, we intend to show that the question of being formulated by Heidegger owes much to the husserlian's notion of intentionality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.