• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-07022008-111019
Documento
Autor
Nome completo
Márcia Rezende de Oliveira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Marton, Scarlett Zerbetto (Presidente)
Pimenta Neto, Olímpio José
Werle, Marco Aurélio
Título em português
Ecce homo, a fisio-psicologia de um tipo
Palavras-chave em português
Fisio-psicologia
Genealogia
Tipologia
Resumo em português
No presente estudo, pretendemos realizar uma leitura de Ecce homo balizada pelo procedimento genealógico, pela fisio-psicologia e pela tipologia presentes no pensamento de Nietzsche. Acreditamos que a mudança que se opera no tratamento do humano a partir dessas três noções permite a Nietzsche, em Ecce homo, realizar uma espécie de duplo movimento. Por um lado, o filósofo realiza a máxima afirmação da vida e de si mesmo, dando expressão a uma série de estados afetivos que o constitui. Por outro lado, ao afirmar-se, Nietzsche marca oposição -- e nisso talvez certa transvaloração -- a um estado de coisas marcado pela desvalorização da efetividade. Nossa hipótese é de que podemos ler a obra em questão como sendo a apresentação de um tipo, o "tipo Nietzsche". O Nietzsche que se conta em Ecce homo é aquele que se constitui em oposição à moral socrático-platônico-cristã que predomina no ocidente. E mais que isso é um tipo que, segundo o filósofo, possui o pathos filosófico dionisíaco, ou seja, o tipo forte, saudável e que tem como prerrogativa a afirmação da vida.
Título em inglês
Ecce homo, the physio-psychology of a type
Palavras-chave em inglês
Genealogy
physio-psychology
Typology
Resumo em inglês
This study intends to do a reflection of Ecce Homo embossed by the genealogical procedure, by the physio-psychology and the typology present in Nietzsche's thought. We believe that the change that takes place in the treatment of the human from these three notions, allows Nietzsche, in Ecce Homo, to do a type of double movement. In one hand, the philosopher reaches the maximum affirmation of life and oneself, giving expression to a series of affectionate states that constitute him. On the other, in affirming himself, Nietzsche marks an opposition - and with that a certain transvaluation - to a state of things marked by the devaluation of effectiveness. Our hypothesis is that we can read this work as being a presentation of a type, the "Nietzsche type". That Nietzsche which narrates himself in Ecce Homo is the one that is constituted in opposition to the Socraticplatonic- Christian moral that prevails on the West. Moreover, it's a type that, according to the philosopher, owns the Dionysius philosophical pathos, or, the strong type, healthy, that has as its prerogative the affirmation of the life.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-02-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.