• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda de Araujo Izidório
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Zingano, Marco Antonio de Avila (Presidente)
Ferreira, Paulo Fernando Tadeu
Keeling, Evan Robert
Título em português
O conceito de nous produtivo em Aristóteles
Palavras-chave em português
Alexandre de Afrodísia
Aristóteles
De anima
História da filosofia antiga
Intelecto
Nous
Resumo em português
O volume de literatura secundária sobre o conceito aristotélico de noûs produtivo é proporcional à brevidade e à obscuridade com que ele é apresentado no quinto capítulo do terceiro livro do "De Anima". Esta dissertação visa investigar as razões que fazem deste texto terreno fértil para as mais diversas interpretações. Para tanto, este estudo parte do comentário analítico de DA III 4-5, destacando as possibilidades interpretativas de cada passagem e as variantes textuais mais significativas. Procurou-se explorar outras passagens do corpus aristotélico que podem ser utilizadas para elucidar o conteúdo desses capítulos, considerando as opções adotadas pelos principais comentadores antigos. Após mostrar que o texto comporta igualmente as leituras mais díspares, buscou-se evidenciar como elementos extratextuais, tais como a filosofia e o método exegético predominante no tempo de cada interprete podem ser identificados nas opções adotadas. Para tanto, adotou-se a obra de Alexandre de Afrodísia como objeto de exposição e análise, uma vez que sua identificação do nous produtivo à Causa Primeira de Met. XII 7-9 é a mais influente e polêmica das exegeses deste conceito. Para tanto, foram apresentadas suas principais teses e contrastadas com a base textual aristotélica, de modo pôr em relevo as características do método do Exegeta.
Título em inglês
The concept of productive nous in Aristotle
Palavras-chave em inglês
Alexander of Aphrodisias
Aristotle
De anima
History of ancient philosophy
Intellect
Nous
Resumo em inglês
The amount of secondary literature on the Aristotelian concept of productive nous is proportional to the briefness and obscurity of its presentation in the fifth chapter of the Book Three of the De Anima. This thesis aims to investigate the reasons why this text offers a fertile ground for the most varied interpretations. Therefore, this text begins with an analytical commentary on DA III 4-5, highlighting the interpretative possibilities and the most significant textual variants of each passage. We searched for other passages of the Aristotelian corpus that could help us elucidate the content of these chapters, considering the options adopted by the main ancient commentators. After showing how the text equally accepts the most disparate readings, we tried to evidence how extra-textual elements, such as the philosophy and exegetical method predominant in the time of each interpreter can are present in the adopted options. For this, the work of Alexander of Aphrodisias was adopted as object of exposition and analysis, since its identification of the productive nous to the First Cause of Met. XII 7-9 is the most influential and polemical exegesis of this concept. His main arguments were presented and contrasted with the Aristotelian textual background, to highlight the characteristics of the Exegete's methods.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.