• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2009.tde-03022010-131909
Documento
Autor
Nome completo
Chiu Yi Chih
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Bolzani Filho, Roberto (Presidente)
Lopes, Marisa da Silva
Yamin, Ana Maria Olivera
Título em português
A eudaimonia na polis excelente de Aristóteles
Palavras-chave em português
Aristóteles
Educação
Felicidade
Polis
Política
Virtude
Resumo em português
A concepção de felicidade é fundamental na filosofia aristotélica, considerando os livros da Ética e da Política. Os livros da Política VII-VIII apresentam-na vinculada ao projeto da polis ideal. Como Aristóteles concebe e viabiliza concretamente seu projeto nesse contexto em que os cidadãos efetivamente se tornam felizes? Em que medida a concepção da polis excelente tem como seu fundamento a concepção de felicidade? E que concepção é esta? Não é por outra razão que emergem tantas discussões e pontos de vistas divergentes, uma vez que muitos estudiosos não têm as mesmas interpretações a respeito dela. Há discussões entre teses exclusivistas e inclusivistas que nos ajudam a refletir sobre a concepção de felicidade no contexto político. O que se pretende neste estudo é analisar os livros I e X da Ethica icomachea em estreita relação com o projeto prático-político elaborado nos livros VII-VIII da Política. A vida feliz conduzida pela virtude serve como parâmetro de avaliação do que seja um regime político excelente (ariste politeia). Por esse viés, a Ética se articula com a Politica na fundamentação e na análise das condições de possibilidade da eudaimonia para a polis.
Título em inglês
The eudaimonia in excelent polis of Aristotle
Palavras-chave em inglês
Aristotle
Education
Happiness
Polis
Politics
Virtue
Resumo em inglês
The conception of happiness is fundamental in aristotelian philosophy, as regards the books of Ethics and Politics. The books VII-VIII show it attached to the project of the ideal city. How Aristotle conceives and realizes his project in this context, where the citizens become really happy? To what extent the conception of the ideal city has as its ground the conception of happiness? And what conception is it? It is not for another reason that many discussions and different points of view emerge, since many scholars haven´t the same interpretations about it. There are are disagreements between exclusivist and inclusivist thesis, which help us to reflect about the conception of happiness in the context of ideal city. This study intends to reflect about this conception in the political context.Thus, we can remark and analyse how the project is drawn in the books VII-VIII of Politics, where its serves as the parameter of evaluation of what it is the excellent constitution for the ideal city (ariste politeia). In this way, the books VII-VIII provide an analysis of the conditions of possibility of happiness for the polis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CHIU_YI_CHIH.pdf (1.95 Mbytes)
Data de Publicação
2010-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.