• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-31072015-154947
Documento
Autor
Nome completo
Flavia de Paiva Brites Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Menezes, Paulo Roberto Arruda de (Presidente)
Pinheiro Filho, Fernando Antonio
Suppia, Alfredo Luiz Paes de Oliveira
Título em português
Fantasias de guerra e paz no pós-Guerra Fria de Jornada nas estrelas: nova geração
Palavras-chave em português
Ficção científica
Guerra fria e nova ordem mundial
Simbologia e alteridade
Sociologia da cultura
Sociologia da televisão
Resumo em português
Propõe-se neste trabalho analisar as elaborações culturais relativas à política externa estadunidense no seriado televisivo Jornada nas Estrelas: Nova Geração em sua primeira temporada (1987-1988), produzido em um momento de mudanças históricas em que um discurso político de nova ordem mundial estava sendo gestado. Expectativas do fim da Guerra Fria trariam consigo, como evento simbólico, a necessidade de uma nova elaboração simbólica das relações entre Estados Unidos e o mundo. Assim, esta pesquisa buscou discernir na série as características de uma estrutura discursiva diferente dos discursos de guerra e paz mais típicos do período de Guerra Fria na ficção científica. Articulando-se, na série, com os temas da ajuda humanitária e da não interferência, articulação ambígua aqui denominada de militarismo benfazejo, o discurso do seriado antecede um debate que se intensifica na década de 1990 sobre a aceitação ou não do princípio de interferência em outros Estados por via das causas humanitárias. Na tentativa de acompanhar a dispersão do discurso de guerra e paz no campo discursivo, procurou-se ampliar a análise para as articulações discursivas de guerra e paz em ramos discursivos não ficcionais, mantendo como foco o discurso do seriado, na análise minuciosa de sua construção e da forma como este articulou valores pertinentes ao seu discurso de guerra e paz. Buscou-se nas narrativas das imagens o que se evidenciou como a formulação de um novo objeto simbólico para a política externa estadunidense daquele momento.
Título em inglês
Imagining War and Peace in the post-Cold War symbology of Star Trek: the Next Generation
Palavras-chave em inglês
Cold war and new world order
Science fiction
Simbology and otherness
Sociology of culture
Sociology of television
Resumo em inglês
This work analyzes cultural elaborations relative to American international affairs in the first season of the television series Star Trek: the Next Generation (1987-1988). That moment of historical changes saw the dawn of a new world order discourse. Expectations of a nearing end to the Cold War brought forth the need of new symbolic elaborations concerning the relations between the United States and the rest of the world. Thus, this research aimed to pinpoint the features of a new war and peace discursive structure, differing, comparatively, from the war and peace discourses proper to Cold War culture. Preceding the intense 1990s debate about the admission of the principle of intervention in other states on humanitarian grounds, the series associates its war and peace discourse with themes of humanitarianism and non-interference in an ambiguous symbolic articulation here denominated benevolent militarism. In an attempt to follow its dispersion in the discursive field that permeates fictional and non-fictional discursivities, the discursive articulation of war and peace was, at least in part, observed in other fictional and non-fictional constructs. Yet, the main focus was kept on the series: a detailed analysis of its symbolic, imagerial and narrative construction was carried out, leading to the investigation of the ways in which the series articulated values pertaining to its war and peace discourse. This work addresses what seems to be partaking in the beginnings of the formulation of a new symbolic object of the American international affairs at the time.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-07-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.