• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-18032015-120258
Documento
Autor
Nome completo
Elaine Ferreira Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Arruda, Maria Arminda do Nascimento (Presidente)
Alves, Caleb Faria
Bógus, Lucia Maria Machado
Frúgoli Junior, Heitor
Peixoto, Fernanda Arêas
Título em português
Da nação ao mercado: patrimônios mundiais e intervenções urbanas em perspectiva comparada
Palavras-chave em português
Brasil
Centros históricos
Intervenção urbana
Patrimônio mundial
Portugal
Resumo em português
A partir de um estudo comparativo que tem como universos empíricos os casos das cidades de São Luís, no Brasil, e Guimarães, em Portugal, essa tese procura investigar a conversão de centros históricos a Patrimônio Mundial pela Unesco, problematizando os tipos de intervenção urbana que acompanham esse processo em suas diferentes etapas. Se, por um lado, buscamos investigar qual o papel das políticas de revitalização na concessão desse título, por outro, importou-nos saber a pertinência de pesquisar se a eleição de um centro histórico como Patrimônio Mundial serve para legitimar práticas de enobrecimento urbano. Além disso, procuramos apreender as imagens citadinas e as identidades locais construídas e/ou reabilitadas nesse processo, atentando para os interesses e projetos políticos aí envolvidos. Apreender e analisar as especificidades, os aspectos variantes e as similitudes existentes nos dois casos nos permitiu colher preciosas informações acerca da atual valorização do patrimônio cultural enquanto estratégia de promoção das cidades. Para além de temas como identidade nacional e memória, tornar-se Patrimônio Mundial tem resultado no acúmulo vantajoso de capital simbólico e de marcos de distinção que são imprescindíveis na inserção desses lugares históricos em circuitos de fruição turística e de consumo cultural. Quando pensamos que uma das intenções de salvaguardar um bem como Patrimônio da Humanidade é gerar uma solidariedade mundial e pertença comum, somos levados à ideia de que o uso mercadológico exacerbado desses bens, naquilo que denominamos tragédia do patrimônio, tem resultado em um movimento contraditório, uma vez que a disputa de cidades e lugares no circuito turístico mundial gera muito mais competição do que solidariedade
Título em inglês
From nation to market: world heritages and urban interventions in comparative perspective
Palavras-chave em inglês
Brazil
Historic centers
Portugal
Urban intervention
World heritage
Resumo em inglês
From nation to market: world heritages and urban interventions in comparative perspective From a comparative study that has as empirical universes the cases of the cities São Luís in Brazil and Guimaraes in Portugal, this thesis investigates the conversion of historic centers to Unescos World Heritage, discussing the types of urban intervention that accompany this process in its different steps. If, on the one hand, we seek to investigate the role of revitalization policies in the awarding of this title, on the other hand, imported us know the relevance of searching if the election of a historic center as a World Heritage serves to legitimize practices of urban gentrification. Furthermore, we attempted to apprehend the city images and local identities constructed and/or rehabilitated in the process, focusing on the political interests and projects there involved. Apprehending and analyzing the specificities, the variant aspects and similarities existing in both cases allowed us to gather valuable information about the current valorization of cultural heritage as strategy of promoting the cities. In addition to themes such as national identity and memory, becoming World Heritage has resulted in advantageous accumulation of symbolic capital and marks of distinction that are essential in the integration of these historical places in circuits of tourist and cultural consumption fruition. When we think that one of the intentions to safeguard an asset as Humanitys Heritage is to generate a global solidarity and common membership, we are led to the idea that the exacerbated marketing use of these assets, in what we call tragedy of heritage, has resulted in a contradictory movement, since the dispute of cities and places in the world tourist circuit generates much more competition than solidarity
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.