• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-11062015-154942
Documento
Autor
Nome completo
Abobacar Mumade Ali
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Silva, Leonardo Gomes Mello e (Presidente)
Chaves, Rita de Cassia Natal
Jardim, Marta Denise da Rosa
Título em português
Empregadas domésticas em Moçambique: classe e trabalho numa sociedade pós-colonial
Palavras-chave em português
Associativismo
Classe
Colonialismo
Empregadas domésticas
Emprego doméstico
Patroa
Status
Resumo em português
A pesquisa tem como objetivo analisar o emprego doméstico no Moçambique pós-colonial, cujo enfoque é o cotidiano deste trabalho na cidade de Maputo. O estudo é composto por dois eixos de análise complementares: trabalho doméstico no período colonial e o trabalho doméstico no pós-independência. O primeiro eixo aborda o trabalho doméstico como constituinte de uma atividade herdada da escravatura, e que em Moçambique cresceu porque os indivíduos do sexo masculino viam no emprego doméstico a escapatória para não prestarem xibalo ou trabalho forçado. O objetivo do estado colonial português era de preservar a precariedade no setor doméstico. O segundo eixo é centrado no emprego doméstico no pós-independência, pois após esse processo o setor do emprego doméstico foi ignorado pelas estruturas governamentais que viam nele a continuidade da exploração colonial. Todavia, as relações entre empregado-patrão, caraterísticos do colonialismo, caracterizadas por gritos, gestos hostis, humilhações, precárias condições de trabalho, assim como a delimitação do espaço, continuaram a ser predominantes neste setor no pós-colonialismo. Para a realização deste trabalho foram utilizadas, como ferramentas analíticas, entrevistas semiestruturadas, observação direta e reportagens jornalísticas.
Título em inglês
Maids in Mozambique: class and work in a postcolonial society
Palavras-chave em inglês
"Association"
Class
Domestic employment
Maids
Mistress
Status
Resumo em inglês
This research aims to analyze the domestic job in post-colonial Mozambique, whose focus is the daily life of that work in the city of Maputo. The study is composed of two complementary analytical axes: housework during the colonial period and the housework in the post-independence. The first axis concerns the housework as a constituent of an inherited activity of slavery, that in Mozambique grew because the males saw in domestic employment a way to escape from "xibalo" or forced labour. The goal of the Portuguese colonial State was to preserve the precariousness in the domestic sector. The second axis is centered on domestic employment in post-independence, because after this process, domestic employment sector has been ignored by the governmental structures, which saw in this the continuation of colonial exploitation. However, relations between employee-employer, characteristic of colonialism, characterized by shout, hostile gestures, humiliations, precarious working conditions, as well as the delimitation of space, continued to be prevalent in this sector in post-colonialism. For the accomplishment of this work were used analytical tools as semi-structured interviews, direct observation and journalistic reports.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.