• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-02012008-104613
Documento
Autor
Nome completo
Mauricio Rombaldi
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Iram Jácome (Presidente)
Braga Neto, Ruy Gomes
Guimarães, Sônia Maria Karam
Título em português
Os sindicalistas nas entrelinhas: o caso do Sintetel pós-privatizações
Palavras-chave em português
Estratégia sindical
Gerações de sindicalistas
Privatização das telecomunicações
Resumo em português
A reestruturação nas telecomunicações brasileiras iniciada em meados dos anos 1990 com a quebra do monopólio estatal e a privatização do sistema Telebrás, em 1998, trouxe significativas mudanças para os sindicatos do setor. De um lado, o eixo homogêneo de negociações sindicato/empresa do período estatal fragmentou-se, tornando as negociações geograficamente dispersas. De outro, a nova forma assumida no setor influencia as experiências vivenciadas no trabalho e o perfil dos trabalhadores e novos dirigentes sindicais: agora eles são mais jovens, com escolarização maior e de tipo diverso, e pior remunerados. Disto resulta em diferenças entre distintas gerações de sindicalistas quanto às interpretações do presente e do passado, bem como quanto às percepções sobre a legitimidade das práticas sindicais. Tais diferenças, quando somadas às imposições da reorganização das relações de trabalho no setor, resultam na mudança do padrão de negociação do sindicato, bem como na sua reorganização interna. O presente estudo analisa o impacto da privatização da TELESP nas atividades sindicais do SINTETEL de São Paulo, tendo em vista a conjunção de gerações de sindicalistas e sua influência na estratégia da instituição. Para a análise utilizaram-se entrevistas com dirigentes e ex-dirigentes, acordos coletivos, material impresso pelo sindicato, estatutos e dados da RAIS/GAGED.
Título em inglês
Trade union activists between the lines: the case of Sintetel after privatization
Palavras-chave em inglês
Generations of trade union activists
Telecommunications privatization
Trade union strategy
Resumo em inglês
The restructuring of the Brazilian telecommunications sector that began in the mid-1990s with the dissolution of the state monopoly and the privatization of the Telebrás system in 1998, brought significant changes to the labor unions operating in this sector. Firstly, the clearly defined axis of union/corporate negotiations during the period of state ownership was fragmented, dispersing the negotiations geographically. Secondly, the changes in the sector have influenced the work experiences as well as the demographic composition of the workers and new union activists: today they are younger, with higher levels of education in diverse areas, and receive lower salaries. This results in differences between the distinct generations of union members in terms of their interpretations of the past and the present, as well as in their perceptions of the legitimacy of union practices. Such differences, when combined with the impositions of the reorganization of the labor relations in the sector, result in a change in the negotiating patterns of the union, as well as in its own internal reorganization. The present study analyzes the impact of the privatization of TELESP in the union activities of Sintetel in São Paulo, in light of the conjuncture of generations of union leaders and the influence of this conjuncture on negotiating strategies of the union. The analysis is based on interviews with both present and former union activists, collective agreements, printed materials from the unions, union bylaws, and data from the RAIS/CAGED databases.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.