• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-01112018-185021
Documento
Autor
Nome completo
Deni Ireneu Alfaro Rubbo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Braga Neto, Ruy Gomes (Presidente)
Löwy, Felix Michael
Mendez, Alvaro Gabriel Bianchi
Pericás, Luiz Bernardo Murtinho
Ricupero, Bernardo
Título em português
O labirinto periférico: José Carlos Mariátegui e a sociologia crítica latino-americana
Palavras-chave em português
América Latina
História das Ciências Sociais
História do marxismo
Intelectuais
José Carlos Mariátegui
Resumo em português
Esta tese é um estudo sobre a recepção da obra de José Carlos Mariátegui (1894-1930) nas ciências sociais latino-americanas. Trata-se de delinear sociologicamente a difusão e as apropriações das ideias mariateguianas no conjunto da história intelectual das ciências sociais e da história do marxismo neste continente. A primeira parte, dedicada a um estudo de trajetória social e intelectual, investiga as incursões literárias de Mariátegui no jornalismo, sua inserção no debate político peruano, alguns aspectos de sua formação intelectual europeia, o estilo de sua produção, bem como certas perspectivas de análise e tensões políticas decorrentes de seu papel enquanto militante socialista. Na segunda parte, procura-se expor o processo de difusão da obra, especialmente a partir da década de 1960. Parte-se da hipótese de que a confluência entre um notável empreendimento editorial levado a cabo pelos familiares do autor e as circunstâncias sociopolíticas e culturais vivenciadas no Peru e na América Latina facilitaram a construção de redes de recepção transnacional das ideias de Mariátegui. Em um processo de crítica do discurso tradicional da esquerda latino-americana, das vertentes de modernização e das teses dualistas das ciências sociais, observa-se, ainda, que a construção de uma imagem heterodoxa de Mariátegui emerge como um dos principais referenciais de atualização do marxismo. A partir da década de 1990, Mariátegui passa a ser incorporado pela perspectiva decolonial, em particular por Aníbal Quijano, como referencial epistemológico da crítica eurocêntrica. A terceira e última parte deste trabalho tece uma reflexão sobre a recepção de Mariátegui na sociologia brasileira com base em um mapeamento de leitores (e leituras) do intelectual peruano, notadamente Florestan Fernandes e Michael Löwy.
Título em inglês
The peripheral labyrinth: José Carlos Mariátegui and critical Latin American sociology
Palavras-chave em inglês
Intellectuals
José Carlos Mariátegui
Latin America
Marxism history
Social Science History
Resumo em inglês
This thesis is a study about José Carlos Mariátegui´s work reception (1894-1930) on Latin America social science. It deals with the social diffusion and appropriations of Mariteguiana´s ideas on the series of intellectual social science history and the history of Marxism in this continent. The first part is dedicated to a social and intellectual study, to investigate Mariátegui literacy incursions in journalism, his position on political Peruvian debate, some aspects of his European intellectual background, the style of his production as well as certain analytical perspectives and political tensions due to his role as a socialist militant. On the second part, it seeks to expose the diffusion process of his work, especially from 1960´s onwards. It considers the hypothesis of a meeting between a notable editorial enterprise coordinated by the author´s relatives and social-political and cultural circumstances experienced in Peru and Latin America favoured the construction of Mariátegui´s transnational ideas reception. In a critical process of traditional Latin American left discourse, of modernization perspectives and dualistic thesis on social science, it is possible to observe that the heterodox image of Mariátegui emerge as one of the most important update referential on Marxism. From the decade of 1990 onwards, Mariátegui becomes incorporated to a colonial perspective, especially by Aníbal Quijano, as a epistemological reference about Eurocentric critic view. The third and last part of this research builds a reflexion on Mariátegui´s reception by Brazilian sociology based on mapping readers (and readings) of the Peruvian intellectual, notably Florestan Fernandes and Michael Löwy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.