• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2018.tde-21052018-171334
Documento
Autor
Nome completo
Marina Merlo Marçola
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Silva, Glauco Peres da (Presidente)
Avelar, Lucia Mercês de
Bolognesi, Bruno
Título em português
Mulheres tomando partido e partidos fazendo candidatas: a atuação partidária na trajetória das eleitas
Palavras-chave em português
Eleições
Gênero
Mulheres
Partidos políticos
Trajetória política
Resumo em português
As mulheres são a maioria do eleitorado brasileiro, quase metade da/os filiados a algum partido político e, mesmo com a lei de cotas de gênero que obriga o registro de pelo menos 30% de candidaturas femininas, elas ainda perfazem pouco mais de 10% da/os eleita/os. A literatura aponta diversas barreiras para essas mulheres, como o processo de socialização voltado para a esfera privada da vida, uma suposta falta de interesse em seguir uma carreira política e a falta de recursos para conduzir uma campanha eleitoral. Analisando a trajetória das vereadoras eleitas nas eleições municipais de 2016 da cidade de São Paulo, esse trabalho investiga quais foram os meios encontrados ou utilizados pelas candidatas para superar estes obstáculos comumente impostos às mulheres, com um interesse específico e investigar a atuação dos partidos e lideranças partidárias no fomento ou bloqueio desse caminho até a vitória. Utilizando principalmente entrevistas em profundidade com as vereadoras, a dissertação percorre o momento do primeiro envolvimento político, da decisão da candidatura e a campanha eleitoral para ponderar, à luz das teorias e evidências acumuladas pela literatura sobre cada um desses estágios, a narrativa dessas mulheres sobre o seu sucesso eleitoral e os dados empíricos disponíveis sobre sua candidatura e campanha. O questionamento comum feito em cada uma dessas etapas de suas carreiras é o quanto a organização e as lideranças partidárias atuaram, direta ou indiretamente, para tornar efetiva a participação e o sucesso eleitoral destas candidatas; ao mesmo tempo, ponderar o quanto e como essas mulheres se aproveitaram, se utilizaram ou criaram oportunidades para participar. Os resultados apontam que, embora nem sempre estejam presentes nas primeiras atividades políticas das vereadoras, o partido político e suas lideranças muitas vezes, na figura de familiares das candidatas aparecem de forma decisiva no momento da decisão da candidatura e no suporte ao longo da campanha eleitoral, especialmente por darem legitimidade e o acesso às redes de contato com outras figuras políticas já bem estabelecidas. Com esses indícios, é possível questionar a crença de que os partidos não têm relevância ou influência na arena eleitoral e na baixa representação feminina em cargos eletivos, bem como requalificar os argumentos e propostas pela maior inclusão de mulheres na política.
Título em inglês
Women selecting parties, parties selecting female candidates: partisan influence on the electeds trajectory
Palavras-chave em inglês
Elections
Gender
Political career
Political parties
Women
Resumo em inglês
Women are the majority of the Brazilian electorate, almost half of the members of political parties, and even with the gender quotas law obliging the party list to have at least 30% female candidates, they still make up around 10% of the elected representatives to the Chamber of Deputies. The literature on this issue lists several barriers for these women, such as the socialization process focused on the private sphere of life, their supposed lack of interest in pursuing a political career and the lack of resources to conduct an electoral campaign. Analyzing the trajectory of city councilors elected in the municipal elections of 2016 in the city of São Paulo, this work investigates the ways candidates found to overcome these commonly imposed obstacles on women, with special interest in the political parties and partisan leadership presence in encouraging or dissuading their political career. Based mostly on in-depth interviews with female city council members, this dissertation describes their trajectory, from their first political involvement, going through the decision to run for office up until electoral campaigning to investigate how the narrative of these women about their electoral success and available data resonate with theories and evidences from previous studies about each of these stages. The main question asked is how much the party organization and its leaders have influenced, directly or indirectly, to make the candidature and success of these candidates effective; at the same time, I try to consider how and when these women have created or taken advantage of opportunities to run for - and win - elections. Results show that, although political parties are not always present in these womens first political activities, the party organization and its leaderships - often as a family member of the candidate have a crucial role in the decision to run and at the support throughout the electoral campaign, especially providing legitimacy and access to networks with other wellestablished political figures. With these results, it is possible to question the established notion that Brazilian political parties have no relevance or influence in the electoral arena and in womens sub representation, as well as to reassess the arguments and proposals for improving women's political participation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.