• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Laise Pellegrini Alencar Chiari
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2017
Orientador
Banca examinadora
Silva, Albérico Borges Ferreira da (Presidente)
Leitão, Andrei
Lima, Emmanuela Ferreira de
Weber, Karen Cacilda
Título em português
Estudos de relações quantitativas estrutura-atividade de antagonistas do receptor sigma-1
Palavras-chave em português
Dor neuropática
MLP-ANN
pirimidinas
PLS
QSAR
receptor Sigma-1
Resumo em português
A dor neuropática atinge cerca de 6 a 10% da população global e estima-se o seu aumento nos próximos anos. Essa síndrome não tem cura e afeta consideravelmente a qualidade de vida das pessoas por ela acometidas. Os medicamentos utilizados atualmente para o seu tratamento, como antidepressivos, anticonvulsivantes, opióides, dentre outros, não proporcionam um resultado satisfatório pelo fato de não reduzirem consideravelmente os sintomas e/ou por terem muitos efeitos colaterais. Pesquisas recentes mostram que o receptor sigma-1 pode ser utilizado no tratamento da dor neuropática. Verificou-se na literatura uma nova série de pirimidinas que são capazes de se ligar ao receptor sigma-1, atuando como seus antagonistas, sendo potenciais alvos para a produção de fármacos que podem ser utilizados no tratamento da dor neuropática. Então, estudos de Relações Quantitativas Estrutura-Atividade (QSAR) foram realizados utilizando os métodos de Mínimos Quadrados Parciais (PLS) e Redes Neurais Artificiais (ANN) para prever a atividade biológica dessa série de pirimidinas. Os resultados obtidos se mostraram satisfatórios tanto para o método de PLS (r2 = 0,877, q2 = 0,800 e r2teste = 0,738), quanto para o método de ANN (r2trein = 0,734, r2val = 0,753 e r2teste = 0,676), mostrando que o conjunto de compostos antagonistas do receptor Sigma-1 pode ser descrito tanto de forma linear quanto de forma não-linear.
Título em inglês
Quantitative Structure-Activity Relationship studies of Sigma-1 receptor antagonists
Palavras-chave em inglês
MLP-ANN
Neuropathic pain
PLS
pyrimidines
QSAR
Sigma-1R
Resumo em inglês
Neuropathic pain affects about 6 to 10% of the global population and it is estimated to increase in the coming years. This syndrome has no cure and considerably affects the life quality of people affected by it. Medications currently used for its treatment, such as antidepressants, anticonvulsants, opioids, among others, do not provide a satisfactory result because they do not significantly reduce the symptoms and/or have many side effects. Recent research shows that the sigma-1 receptor can be used in the treatment of the neuropathic pain. A new series of pyrimidines have been found in the literature, which are capable of binding to the sigma-1 receptor, acting as its antagonists, and have been synthesized as potential targets that can be used in the treatment of the neuropathic pain. Therefore, Quantitative Structure-Activity Relationships (QSAR) were performed using Partial Least Squares (PLS) and Artificial Neural Networks (ANN) methods to predict the biological activity of this series of pyrimidines. Through the mathematical models obtained by PLS (r2 = 0.877, q2 = 0.800 and r2test = 0.738) and ANN (r2trein = 0.734, r2val = 0.753 and r2test = 0.676) methods, it was showed that they were able to predict the biological activity of the studied pyrimidines.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.