• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.75.2008.tde-10122008-163040
Documento
Autor
Nome completo
Sandra Vasconcellos Al-Asfour
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2008
Orientador
Banca examinadora
Chierice, Gilberto Orivaldo (Presidente)
Andrade, Jose Fernando de
Cavalheiro, Eder Tadeu Gomes
Galhiane, Mario Sergio
Santos, Antonia Marli dos
Título em português
Estudo de equilíbrios químicos com 2-aminoetanol-dihidrogenofosfato para fins biológicos
Palavras-chave em português
equilíbrios
fosfoetanolamina
química
Resumo em português
No presente trabalho foram realizados estudos de equilíbrios químicos da fosfoetanolamina (FOS) ou 2-aminoetanol-dihidrogenofosfato, substância produzida no organismo humano, um precursor de fosfatidiletanolamina importante por regularizar o metabolismo de disfunção celular e metabólica. A constante de ionização de uma molécula é uma ferramenta interessante a fim de prever a sua absorção no organismo que geralmente, apenas ocorre com as moléculas na forma não ionizada. Na determinação usual de constantes de zwiterions como a FOS, não se considera o equilíbrio de formação de espécies não ionizadas como dímero (agregado). Neste trabalho comprovou-se o fenômeno de agregação da FOS por titulações potenciométricas e pelo método espectrofotométrico Azul de Molibdênio. Determinou-se a constante de agregação pelo método potenciométrico como sendo da ordem de 106. Realizou-se a determinação da primeira constante de ionização da FOS por titulações em meio ácido, na ausência do fenômeno de agregação, e verificou-se que é da ordem de 10-4. Pelo método espectrofotométrico Azul de Molibdênio determinou-se a porcentagem de fosfato iônico 1%, coerente com os resultados potenciométricos. A determinação da segunda constante de ionização da FOS foi realizada por titulações com monoetanolamina (MEA), uma base fraca. Verificou-se a possibilidade de utilização do sistema FOS/MEA como um tampão biológico, por meio do gráfico de máxima capacidade tamponante vs pH. A determinação de terceira constante de ionização da FOS foi realizada por meio de titulações com NaOH na ausência e na presença de formaldeído, bloqueando o grupo amino. A determinação simultânea das três constantes de ionização foi realizada por meio de uma titulação de retorno,com HCl e adição de NaOH. Com o tratamento matemático desta curva, determinou-se o número médio de protonação e verificaram-se as regiões de máxima capacidade tamponante. Obteve-se a curva de distribuição de espécies e o diagrama logarítmico para a FOS com os valores de constante de ionização determinados na ausência do fenômeno de agregação. Estudou-se a interação de íons cálcio e magnésio com a FOS, verificou-se que os complexos são do tipo ML e M2L. É importante salientar ainda, que não há relato na literatura desses estudos .
Título em inglês
Study of chemical equilibrium of 2-aminoethanoldihidrogenophosphate for biological purpose
Palavras-chave em inglês
chemistry
equilibrium
phosphoethanolamine
Resumo em inglês
Studies on the chemical equilibrium of phosphoethanolamine (PEA) or 2-aminoethanol-dihydrogen phosphate, produced by the human body, as an important phosphatydilethanolamine precursor that regularizes the cell and metabolic disfuntion have been performed. The ionization constant is an interesting tool to foresee organic absortion which often occurs in non ionized form. In the usual determination of zwiterion, constants like PEA, the dimmer formation equilibrium is not always considered. In this work aggregation phenomena of PEA has been demonstrated by potentiometric titration and molybdenium blue spectrophotometric method. The aggregation constant was determinated by potentiometric method as 106. The first ionization constant determination of PEA was made by titration in acidic medium without aggregation phenomena and it was 10-4. The molybdenum blue spectrophotometric method was used to determine the free phosphate amount, 1%, was coherent with potentiometric results. The second ionization constant determination was made by titration with monoethanolamine (MEA), a weak base. There is the possibility of using the system PEA/MEA as a biological buffer, according to the maximum buffer capacity graphic versus pH. The third ionization constant determination was made by titration with NaOH, with and without formaldehyde, blocking the amino group. The simultaneous determination of the three constants of ionization was made by back titration, with HCl after the addition of NaOH. The average number of bound protons was done with mathematical treatment of back titration curve and then, the maximum buffer capacity regions were observed. The species distribution curve and logarithmic diagram were obtained using the ionization constant values determined in the aggregation phenomena absence. The interaction between calcium, magnesium and PEA was studied and the ML and M2L species were observed, not described in literature yet.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SandraAlasfourR.pdf (512.83 Kbytes)
Data de Publicação
2008-12-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.