• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.75.2007.tde-04062007-172635
Documento
Autor
Nome completo
Keila Angélica Peron
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2007
Orientador
Banca examinadora
Vieira, Eny Maria (Presidente)
Brondi, Silvia Helena Govoni
Padilha, Pedro de Magalhaes
Título em português
"Validação da metodologia analítica para a determinação do diclofenaco sódico em amostras de esgoto da estação de tratamento da cidade de Araraquara-SP"
Palavras-chave em português
água
amostras de esgoto
diclofenaco sódico
Resumo em português
Os resíduos de fármacos presentes em matrizes ambientais têm sido foco em pesquisas no mundo todo. Este tema tem sido bastante discutido devido ao fato de que fármacos são freqüentemente encontrados em efluentes de estações de tratamento de esgotos (ETE´s), águas de abastecimento público e em outras matrizes ambientais, tais como solos, sedimentos e águas naturais em concentrações na faixa de µg L-1 e ng L-1. A grande preocupação da presença de resíduos de fármacos na água são os potenciais efeitos adversos para a saúde humana, animal e de organismos aquáticos. Neste trabalho estudou-se o diclofenaco sódico, por ser um dos antiinflamatórios mais prescritos pelos médicos. O método utilizado para a extração do diclofenaco sódico de amostras de efluentes domésticos da ETE de Araraquara-SP foi à extração em fase sólida, e subseqüentemente a determinação por cromatografia líquida de alta eficiência com detector UV. O método foi validado e a recuperação foi de 94-105%. Constatou-se a presença do diclofenaco sódico nas amostras do efluente doméstico da cidade de Araraquara-SP antes e após o tratamento e as concentrações foram 2,12 e 3,52 µg L-1 na coleta feita em março e 18,0 e 22,0µg L-1 na coleta feita em setembro.
Título em inglês
"Validation of an analytical methodology to the determination of sodium diclofenac in slurry samples from the water treatment station of Araraquara-SP"
Palavras-chave em inglês
slurry samples
sodium diclofenac
water
Resumo em inglês
The pharmacos residues that are present in the environmental matrices has been a focus of research all over the world. This subject has been discussed because the fact that pharmacos are frequently found in effluents of sewage treatment plants (STPs), public water supply and in others environmental matrices, such as the soil, sediments and water springs in concentrations between µg L-1 and ng L-1. The biggest concern of pharmacos residues in the water are the adverse effects for the human health and the other species too. So, in this research the sodium diclofenac was studied for being the most prescribed anti-inflammatory by the doctors. The method used for the extraction of the sodium diclofenac of samples from the domestic effluent at STP-Araraquara (SP) was the extraction in solid phase, and subsequently the determination by liquid chromatography of high efficiency with UV detector. The method was validated and the recovery was of 94 to 105%. The results of the research have shown the presence of sodium diclofenac in the samples of Araraquara's domestic effluent before and after the treatment and the concentrations were 2,12 and 3,52 µg L-1 in the collection made in March and 18,0 and 22,0µg L-1 in the collection made in September.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
KeilaPeronR.pdf (4.36 Mbytes)
Data de Publicação
2007-06-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.