• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2014.tde-29012015-155346
Documento
Autor
Nome completo
Lígia Eleonor Prezzi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2014
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Carlos Augusto Fernandes de (Presidente)
Corassin, Carlos Humberto
Cruz, Adriano Gomes da
Título em português
Efeito da adição de Lactobacillus rhamnosus em queijos Minas frescal sobre as contagens de Staphylococcus aureus e Listeria monocytogenes
Palavras-chave em português
L. rhamnosus
Contaminação microbiológica
Probióticos
Queijos
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito inibitório de Lactobacillus rhamnosus sobre as contagens de Staphylococcus aureus e Listeria monocytogenes, aspergidos isoladamente ou em combinação sobre a superfície de queijo Minas Frescal, durante armazenamento por 21 dias a 7ºC. O delineamento consistiu em esquema fatorial 2x2x2, sendo 8 tratamentos com 4 repetições. As características físico-químicas (pH, atividade de água, umidade, teor de gordura, proteína e perfil de textura) foram determinadas nos queijos dos tratamentos sem adição de L. rhamnosus ou contendo este probiótico (T1 e T2, respectivamente). Verificaramse as contagens de L. rhamnosus, S. aureus e L. monocytogenes nos queijos de todos os tratamentos nos dias 1, 7, 14 e 21 de armazenamento. Foram também analisados os percentuais de sobrevivência dos microrganismos submetidos a condições de simulação do trato gastrointestinal (TGI) utilizando ensaios in vitro. Não houve efeito significativo (P>0,05) entre os parâmetros físico-químicos dos queijos dos tratamentos T1 e T2. As contagens de L. rhamnosus aumentaram (P<0,05) em todos os tratamentos a partir do dia 7 de armazenamento, estabilizando ao redor de 108 UFC/g, sendo que a presença concomitante de L. monocytogenes e/ou S. aureus nos queijos não influenciou a contagem de L. rhamnosus. L. rhamnosus diminuiu em cerca de 1 ciclo log as contagens de L. monocytogenes, e não exerceu efeito inibitório sobre S. aureus após 21 dias. S. aureus não sobreviveu ao teste de simulação ao TGI. No entanto, L. rhamnosus e L. monocytogenes apresentaram percentuais de sobrevivência entre 74,6% a 86,4%, e entre 75,8% a 94,1%, respectivamente. Os resultados demonstraram que a adição de L. rhamnosus não alterou as características físico-químicas dos queijos Minas frescal, porém exerceu efeito inibitório sobre L. monocytogenes, mas nenhum efeito sobre S. aureus. A utilização de L. rhamnosus como probiótico apresenta um potencial para inibição de L. monocytogenes na fabricação de queijos Minas frescal. São necessários estudos sobre os mecanismos envolvidos na competição entre as bactérias por substratos no alimento, bem como sua sobrevivência nas condições do TGI em ensaios in vivo.
Título em inglês
Effect of Lactobacillus rhamnosus on growth of Staphylococcus aureus and Listeria monocytogenes in cheese
Palavras-chave em inglês
L. rhamnosus
Cheeses
Microbiological contamination
Probiotics
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the effects of Lactobacillus rhamnosus on growth of Staphylococcus aureus and Listeria monocytogenes in Minas frescal cheese during 21 days of storage at 7ºC. The experimental design was totally randomized, in a 2x2x2 factorial arrangement with 8 treatments and 4 replicates per treatment. Physical chemical parameters such as pH, moisture, water activity, fat, protein and texture profile analysis were carried out in cheeses where no microorganism were inoculated (T1) and in the cheeses inoculated with the probiotic bacteria, L. rhamnosus (T2). The counts of L. rhamnosus, S. aureus and L. monocytogenes were examined on days 1, 7, 14, 21 of storage. Survival percentage of the bacteria after exposure to simulated gastrointestinal conditions was studied in vitro. Statistical analysis indicated that there were no significant differences (P>0,05) among the means of the physical chemical parameters analyzed in treatments 1 and 2. From day 7 on, the counts of L. rhamnosus increased (P<0,05) in all treatments, stabilizing and reaching up to 108 CFU/g. It was noticed that the concurring presence of L. monocytogenes and/or S. aureus in the cheese samples did not show influence in the counts of the probiotic bacteria. The L. rhamnosus caused about 1 log cycle reduction in the counts of L. monocytogenes, but showed no inhibitory effect on S. aureus at the end of the period of storage. S. aureus did not survive the exposure to simulated gastrointestinal conditions. However, L. rhamnosus and L. monocytogenes showed survival percentages varying from 74,6% to 86,4%, and from 75,8% to 94,1%, respectively. The results showed that the addition of L. rhamnosus had no influence on the physical chemical characteristics of the Minas frescal cheese and no inhibitory effect on S. aureus, nevertheless demonstrated inhibitory effect on L. monocytogenes. The addition of probiotic strains of L. rhamnosus in Minas frescal cheese represents potential for L. monocytogenes inhibition. It is essential to carry out studies on the mechanisms involved in the competition for substrate by bacteria, as well as their survival to simulated gastrointestinal conditions in in vivo experiments.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME7902520COR.pdf (719.10 Kbytes)
Data de Publicação
2015-02-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.